|
  • Bitcoin 144.486
  • Dólar 4,8243
  • Euro 5,1620
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 16/03/2022, 21:29

Santos empata com Ferroviária e corre risco no Paulista

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 16 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos empatou em 3 a 3 com a Ferroviária na noite desta quarta-feira (16), na Arena Fonte Luminosa, em jogo atrasado da décima rodada do Campeonato Paulista. O time da baixada abriu o placar com Lucas Braga. O time de Araraquara virou com Hygor e Thomaz. O elenco da Vila Belmiro deixou tudo igual com Marcos Leonardo ainda no primeiro tempo. Nos acréscimos da etapa final, Bruno Mezenga desempatou de pênalti e Léo Baptistão, aos 47, retomou a igualdade.

O Santos teve três gols anulados em Araraquara. Dois foram por impedimento: Lucas Barbosa e Léo Baptistão. E o de Marcos Leonardo, por falta de ataque, foi questionável. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira só invalidou o lance quando a bola balançou as redes.

A dupla de Lucas Braga e Marcos Leonardo foi destaque no Santos. Braga fez o primeiro gol e criou boas chances. Marcos Leonardo fez o segundo, deu a assistência para Braga e ainda teve um gol anulado. Lucas Barbosa e Ricardo Goulart alternaram bons e maus momentos.

O goleiro e capitão do Santos, João Paulo, falhou nos dois gols da Ferroviária. No primeiro, ameaçou sair e ficou no meio do caminho. No segundo, demorou a reagir e deixou a bola lenta de Thomaz entrar no cantinho. Já Kaiky segue inseguro e ainda cometeu pênalti. Auro, Lucas Pires e Camacho também decepcionaram.

Em termos ofensivos, o Santos teve o melhor desempenho na temporada e criou quatro gols no primeiro tempo (dois foram anulados). Defensivamente, porém, o time apresenta os mesmos problemas, como o espaço na entrada da área. No segundo gol da Ferroviária, Thomaz dominou e chutou sem ser ameaçado.

Com o empate, Santos e Ferroviária chegam ameaçados na última rodada do Paulista. Ambos têm 11 pontos e precisam de um empate contra Água Santa e Mirassol, respectivamente, para não depender de outros resultados. A Ponte tem oito e pode ultrapassar os times se conseguir os três pontos porque teria uma vitória a mais (3x2). O Água Santa, também com 11, é outro em risco. O Novorizontino já está rebaixado. Dois clubes caem para a Série A-2.

O Santos briga para não cair, mas também pode se classificar às quartas de final do Campeonato Paulista. O time avança se vencer o Água Santa e o Santo André empatar ou perder contra Inter de Limeira em casa.

O Santos enfrentará o Água Santa no sábado (19), às 16h, na Vila Belmiro. A Ferroviária receberá o Mirassol no mesmo dia e horário.

FERROVIÁRIA

Saulo; Vidal (Bernardo), Bruno Leonardo, Didi e João Lucas (Breno Lopes); Vitinho (Arthur), Rafael Luiz e Thomaz (Marquinhos); Hygor, Orejuela (Julio Vitor) e Bruno Mezenga. T.: Elano

SANTOS

João Paulo, Auro, Kaiky, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Camacho (Sandry), Vinicius Zanocelo (Jobson) e Ricardo Goulart (Léo Baptistão); Lucas Barbosa (Ângelo), Lucas Braga e Marcos Leonardo (Rwan). T.: Fabián Bustos

Estádio: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira

Assistentes: Neuza Ines Back e Evandro de Melo Lima

VAR: Péricles Bassols

Cartões amarelos: Thomaz, Vidal e Camacho (FER); Vinicius Zanocelo e Sandry (SAN)

Gols: Lucas Braga (SAN), aos 27', Hygor (FER), aos 32', Thomaz (FER), aos 44', e Marcos Leonardo (SAN), aos 48'/1ºT; Bruno Mezenga (FER), aos 45', e Léo Baptistão (SAN), aos 48'/2ºT