São Paulo, 29 (AE) - Santos e Flamengo, que haviam sofrido duas derrotas em dois jogos pelo Torneio Rio-São Paulo, empataram por 1 a 1, hoje à tarde, no Pacaembu, e continuam em situação complicada no Grupo A. Permanecem na lanterna, agora com um ponto cada. Mesmo sem conseguir a vitória, o técnico Carlos Alberto Silva viu uma melhora de sua equipe. "O resultado não refletiu que o fizemos, principalmente no segundo tempo", analisou.
As equipes contrariaram, de certa forma, a expectativa de um jogo fraco. A partida foi movimentada e bastante equilibrada. As chances de gol foram criadas, emboras faltaram lances de emoção. Os treinadores apostaram em caras novas em busca da recuperação na competição. A equipe paulista tinha Deivid no meio-de-campo e, a carioca, Rocha.
No primeiro tempo, o Flamengo, que teve Leandro ávila improvisado como líbero, como gosta de inovar o técnico Paulo César Carpegiani, fez uma marcação forte, dificultando o ataque santista. O meio-de-campo, sem muita criatividade, também não colaborava muito para furar o bloqueio adversário. O gol flamenguista nasceu de uma falta infantil do lateral-direito Anderson em Rodrigo Mendes, na entrada da área. Aos 33 minutos, Fábio Baiano cobrou com força, a bola desviou na coxa esquerda do zagueiro Jean e enganou Nei.
Na segunda etapa, o jogo continuou bastante disputado. Aos 14 minutos, depois de cruzamento pela direita, Dodô teve boa chance de empatar a partida, mas errou o voleio. Três minutos depois, Caio foi sacrificado. O atacante, que não atuou bem, foi substituído por Weldon, destaque do time júnior na Copa São Paulo.
Aos 22, o meia Aílton ficou com a vaga de Adiel. Deu sorte. Em seu primeiro chute ao gol, aos 25, ele fez o gol de empate. Aílton recebeu passe de Dodô e acertou o canto esquerdo de Clemer, com um tiro cruzado, com força.
Os santistas ficaram empolgados e passaram a dominar a partida. O Flamengo explorava os contra-ataques. Aos 32, Deivid quase virou o jogo, mas a bola acertou a trave. Apesar do esforço do time da casa, não deu. O torcedor, que foi em pequeno número ao Pacaembu, teve de voltar para casa ainda sem ver o Santos vencer este ano. Ficha Técnica : Santos 1 x 1 Flamengo. Gols Fábio Baiano aos 33 minutos do primeiro tempo e Aílton aos 25 minutos do segundo. Santos Nei; Anderson, Jean, Galván e Rubens Cardoso; Claudiomiro, Michel, Adiel (Aílton) e Deivid; Caio (Weldon) e Dodô. Técnico Carlos Alberto Silva. Flamengo Clemer; Juan, Leandro ávila e Fabão; Maurinho, Rocha, Fábio Baiano (Alessandro), Rodrigo Mendes (Leandro) e Leonardo Inácio; Lê e Reinaldo. Técnico Paulo César Carpegiani. Juiz Cláudio Vinícius Cerdeira (RJ). Renda Não divulgada. Público Não divulgado. Local Pacaembu.