|
  • Bitcoin 124.988
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 15/07/2022, 16:43

Santos chega ao terceiro jogo sem técnico contra Avaí, e repete roteiro de 2021

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 15 de julho de 2022

LUCAS MUSETTI PERAZOLLI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos venceu o Corinthians por 1 a 0, na quarta-feira (13), mas acabou eliminado da Copa do Brasil por conta do placar agregado. Agora, o time praiano vira a chave e se prepara para enfrentar o Avaí neste sábado (16), na Ressacada, em Florianópolis (SC), pelo Campeonato Brasileiro. Será o terceiro jogo do time alvinegro sem técnico definido, após a demissão de Fabián Bustos, dispensado no dia 7.

O Santos vive atualmente um cenário semelhante ao de 2021. O time alvinegro pensou num técnico mais moderno para a temporada, mas os resultados esperados não vieram e a solução foi, novamente, deixar a criatividade de lado.

Na temporada passada, o primeiro ano do presidente Andres Rueda, o Santos escolheu Ariel Holan como substituto de Cuca. Conhecido pela vocação ofensiva, o argentino aguentou apenas dois meses até pedir demissão. Pego de surpresa, o time praiano optou por Fernando Diniz, outro profissional que busca o ataque como protagonista.

O técnico perdurou por quatro meses na Vila Belmiro. Perto da zona do rebaixamento do Brasileiro, o Santos recuou e foi atrás de Fabio Carille, um técnico mais pragmático e de sistema defensivo forte. O objetivo de continuar na Série A foi cumprido após a quase queda no Paulistão e as quedas na Sul-Americana e Copa do Brasil.

Para 2022, o Santos manteve Carille, o desempenho foi aquém do esperado e o clube viveu outra luta para não cair no Estadual. A diretoria, outra vez, tentou fugir do trivial e abriu um verdadeiro processo seletivo. Com a ajuda de analistas de mercado, o Santos traçou um perfil, só escolheu estrangeiros, fez entrevistas e fechou com o argentino Fabián Bustos.

Diferentemente de Holan e Diniz, Bustos chegava como um técnico equilibrado, adepto de formações de acordo com o adversário e sem receio de defender mais do que atacar quando necessário. A escolha se mostrou errada, o Santos foi eliminado na Copa do Brasil e Sul-Americana e agora está sem treinador e só com o Campeonato Brasileiro a disputar nos últimos meses do ano.

Depois de analisar o futebol em todo o continente e trazer Fabián Bustos, o Santos repete a estratégia de 2021 e procura pelo "óbvio". O time alvinegro prioriza um técnico brasileiro e tem alternativas manjadas no mercado, como Guto Ferreira, Odair Hellmann e Renato Gaúcho. O novo executivo Newton Drummond é quem coordena essa busca.

O português Pepa, ex-Vitória de Guimarães (POR), foi sugerido, analisado e descartado. O Comitê de Gestão do Santos e o diretor Drummond entendem que é momento de "feijão com arroz". O time alvinegro novamente adota cautela e deixa a ousadia de lado após ver o time acumular eliminações.

AUXILIAR INDICA PROVÁVEL ESCALAÇÃO

O auxiliar e interino Marcelo Fernandes esboçou a escalação do Santos para enfrentar o Avaí.

O time alvinegro terá o retorno de Vinicius Zanocelo, suspenso contra o Corinthians na Copa do Brasil. Maicon (panturrilha), Lucas Pires (joelho) e Sandry (coxa), todos no departamento médico, não estão à disposição, assim como Rodrigo Fernández, desfalque de última hora. O uruguaio fica na Baixada Santista para tratar de desconforto muscular na coxa esquerda. Já Ângelo deve ficar no banco de reservas por opção técnica.

O provável time é: João Paulo, Madson, Luiz Felipe, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Camacho, Vinicius Zanocelo e Carlos Sánchez; Léo Baptistão, Lucas Braga e Marcos Leonardo.

O Avaí, por sua vez, busca um revés após chegar a quatro jogos sem vencer -o último triunfo do time catarinense foi contra o Fortaleza, em junho. O clube soma 18 pontos e ocupa a 16ª posição, e busca a vitória para continuar se afastando da zona de rebaixamento.

O técnico Eduardo Barroca não poderá contar mais com o goleiro Douglas, vendido ao Al Khaleej, da Arábia Saudita. Vinicius Leite também não integra mais a equipe, tendo sido emprestado ao Novorizontino. Os atacantes Muriqui e Morato seguem se recuperando de lesões, e são desfalques confirmados. Portanto, uma possível escalação do Avaí tem: Vladimir; Kevin, Arthur Chavez, Rafael Vaz e Bruno Cortez; Raniele, Bruno Silva, Jean Pyerre e Eduardo; Pottker (Dentinho) e Bissoli.

Estádio: Ressacada, em Florianópolis (SC)

Horário: Às 19h (de Brasília) deste sábado (16)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

VAR: Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ)

Transmissão: Premiere