Terminou sem gols o amistoso do Londrina com o Grêmio, ontem à tarde, no Estádio do Café. Apesar disso, o jogo que marcou também a entrega das faixas de campeão paranaense ao Tubarão não foi ruim. As duas equipes fizeram uma boa atuação. O Tricolor Gaúcho foi ligeiramente melhor no primeiro tempo, enquanto os donos da casa reagiram na etapa final e por muito pouco não conseguiram a vitória.
Antes de a bola rolar, dirigentes do clube, autoridades e jogadores receberam das mãos dos gremistas as faixas de campeão paranaense. Até o presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Hélio Cury, foi lembrado e levou uma faixa para casa.
O Londrina foi a campo cheio de novidades. A começar pela defesa, que só teve o goleiro Vítor do time que foi campeão paranaense. O jovem zagueiro Marcondes, que venceu a concorrência com o companheiro Dipão, foi muito bem ao lado do curinga Sílvio e ajudou a parar o quarteto ofensivo do Grêmio, que tinha Dudu, Luan, Giuliano e Barcos. Os dois primeiros, aliás, criaram boas chances, mas pecaram nas finalizações. Aos 18, Dudu passou por Lucas Ramón e chutou cruzado. A bola tinha como endereço o canto esquerdo de Vítor, mas Sílvio desviou e evitou o gol gremista.
No LEC, Léo Maringá só surpreendeu quando apareceu com a faixa de capitão, porque dentro de campo foi a melhor peça do time e já mostrou ao técnico Cláudio Tencati que veio para ser titular. Como segundo volante, foi o responsável por organizar o time, papel que já exercia no seu ex-time. Praticamente todas as bolas passavam por ele. Bídia foi o principal marcador do setor e mostrou muita eficiência.
O Londrina melhorou depois da parada técnica, na metade do primeiro tempo. Foi de Léo o lançamento para Joel cruzar na pequena área aos 32 e Marcelo Grohe evitar o gol de Bruno Batata, no lance em que o Tubarão chegou mais perto do gol no primeiro tempo.
Para o segundo tempo, o Grêmio voltou com cinco mudanças e o Tubarão, com três. E o panorama do jogo mudou, com os donos da casa assumiram o comando do jogo. O meia Davi Ceará entrou bem e quase surpreendeu o goleiro Tiago aos 32 minutos num arremate de longa distância. Foi dos pés dele que saiu a melhor chance do Londrina no jogo. Aos 37, ele cobrou falta na área e Sílvio acertou um belo voleio, mas Tiago defendeu.

Imagem ilustrativa da imagem SALDO POSITIVO - Londrina e Grêmio ficaram no empate sem gols