|
  • Bitcoin 144.334
  • Dólar 4,9690
  • Euro 5,2025
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 20/04/2022, 17:08

Rizek conta história sobre Paulo Vinícius Coelho e revela curiosidade envolvendo guardanapos

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 20 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um guardanapo rabiscado inspirou o jornalista André Rizek a contar uma história de 25 anos atrás sobre como conheceu Paulo Vinicius Coelho. Antes da edição desta quarta-feira (20) do 'Seleção SporTV', ele usou o Instagram para revelar uma curiosidade de bastidor sobre uma 'marca registrada' do colega.

Inspirado por uma anotação de PVC sobre a vitória do Fluminense diante do Vila Nova na noite de ontem, Rizek relembrou do dia em que se conheceram. Em 1997, eles passaram a ser companheiros na equipe do 'Lance!'. Foi então que, durante uma conversa, surgiu uma divergência a respeito da escalação de um Dérbi, solucionada por um registro de PVC feito em um guardanapo.

"Fomos almoçar e começamos a conversar sobre jogos dos anos 80 a que, moleques, assistimos no estádio. Lembro que chegamos a uma divergência em alguma escalação de um Palmeiras x Corinthians", escreveu Rizek. "Eu tinha certeza de que estava certo e ele também. Até que, para tirar a dúvida, o maluco tirou uma carteira do bolso cheia de guardanapos de bar, com escalações. E me mostrou a do jogo em questão", contou.

Conhecido por ser uma enciclopédia humana do futebol, PVC estava correto sobre a escalação debatida. "Sim, ele estava certo (obviamente). Nos tornamos grandes amigos e eu me tornei fã daquele doido que, até hoje, tem como hábito rabiscar escalações e esquemas táticos em guardanapos", acrescentou Rizek.

Ele completou dizendo que essa é a "marca registrada" de PVC e classificou o amigo como "o maior jornalista esportivo" da sua geração.