|
  • Bitcoin 138.809
  • Dólar 4,7700
  • Euro 5,1282
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 07/05/2022, 10:40

Rigoni sofre para recuperar confiança de Ceni, e titulares devem enfrentar Fortaleza

PUBLICAÇÃO
sábado, 07 de maio de 2022

GABRIEL DOS SANTOS
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - "O que acontece com Rigoni?". Certamente esse é um dos maiores questionamentos que o torcedor do São Paulo tem na atual temporada. Protagonista do time no ano passado, o argentino recebeu e desperdiçou rara chance como titular no empate sem gols com o Everton, do Chile, na noite desta quinta-feira (5), pela Copa Sul-Americana.

O próximo compromisso do São Paulo é neste domingo (8), às 19h (de Brasília), contra o Fortaleza, na Arena Castelão, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O argentino, por sua vez, deve começar a partida no banco.

Uma das contratações mais caras da história do clube tricolor, Rigoni não começava jogando desde o dia 7 de abril e vinha sendo pouco utilizado pelo técnico Rogério Ceni. No Chile, o atacante acumulou erros e mostrou pouco poderio ofensivo, com erros de posicionamento e em tomadas de decisão.

Ainda assim, Ceni o manteve em campo por quase toda a partida. Ele deixou o campo aos 42 minutos do segundo tempo para a entrada de Luizão em um dos piores jogos do São Paulo, escalado praticamente só com reservas, na temporada.

De peça fundamental em 2021, Rigoni tem demorado a engrenar neste ano e não lembra em quase nada o jogador que se mostrou decisivo em outros tempos. O resultado disso é que, a cada atuação abaixo do esperado, o argentino é alvo das maiores críticas de grande parte da torcida.

Na atual temporada, Rigoni participou de 19 jogos (nove como titular) e marcou dois gols, o último deles no dia 19 de março, quando ajudou o São Paulo a vencer o Botafogo-SP por 2 a 1 no Campeonato Paulista.

Em má fase, o argentino sofre para recuperar a confiança de Ceni, que tem dado cada vez menos chances para o camisa 7 em jogos importantes. Rigoni tem sido utilizado por mais tempo na Sul-Americana, competição que o treinador preserva os habituais titulares.

Na partida contra o Everton, Ceni poupou seus principais titulares -nomes como o lateral-direito Rafinha, os zagueiros Diego Costa e Arboleda, o lateral-esquerdo Welington, os volantes Rodrigo Nestor e Andrés Colorado, o meia Igor Gomes, e os atacantes Alisson, Eder e Calleri sequer viajaram ao Chile, e devem ser escalados neste domingo. O goleiro Jandrei, que jogou no Chile, também deve entrar em campo. Uma provável escalação inicial do São Paulo tem: Jandrei, Rafinha, Arboleda, Diego Costa e Welington; Andrés Colorado, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Alisson; Eder e Calleri.

O Fortaleza, por sua vez, chega à partida na lanterna da Série A, sem pontos, e busca sua primeira vitória no campeonato. Sem lesões ou suspensões, o técnico Juan Pablo Vojvoda terá todos os jogadores à disposição, e deve ir a campo com: Max Walef; Tinga, Benevenuto e Titi (Brayan Ceballos); Yago Pikachu, Felipe, Hércules, Lucas Crispim e Lucas Lima; Moisés e Silvio Romero.

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Horário: Às 19h (de Brasília) deste domingo (8)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (VAR-Fifa/RJ)

Transmissão: Premiere