Agência Folha
De São Paulo
Empolgado com sua primeira convocação para defender a Seleção Brasileira, o meia corintiano Ricardinho disse que a surpresa feita a ele ontem pelo técnico Wanderley Luxemburgo será uma motivação a mais para enfrentar o Araçatuba amanhã. Ricardinho foi convocado para a vaga de Juninho, do Vasco, que torceu o tornozelo esquerdo. O volante Flávio Conceição, do La Coruña, da Espanha, também foi chamado, devido à dispensa do lateral Athirson, do Flamengo, contundido na coxa direita.
‘‘Foi o dia mais importante profissionalmente da minha carreira. O sonho de todo jogador é chegar à seleção. Quem não tiver essa ambição pode parar de jogar futebol’’, disse Ricardinho.
Ele só ficou sabendo da convocação por volta das 16h30, quando o time chegou a Araçatuba. ‘‘Fiquei feliz pelo reconhecimento. Minha primeira reação foi abraçar os meus companheiros. Depois, dividi a emoção com a minha família, por telefone. Estou muito contente, mas ciente de que a responsabilidade é grande.’’
Além de Ricardinho, o Corinthians vai ceder outros dois jogadores, o goleiro Dida e o volante Vampeta, para a primeira partida das Eliminatórias para a Copa de 2002, terça-feira, contra a Colômbia, em Bogotá. Os atletas terão de se apresentar amanhã. O embarque será na segunda-feira.
Vampeta elogiou a convocação de Ricardinho. ‘‘É ele quem cria quase todas as jogadas de ataque no Corinthians. Está em uma excelente fase, e é um grande companheiro.’’
Ontem, o Milan, da Itália, manifestou interesse pela compra de Ricardinho e do zagueiro João Carlos, mas a diretoria corintiana disse que não irá negociá-los.