Recordista, Junior ainda espera pela seleção18/Mar, 12:58 Por Dinoel Marcos de Abreu São Paulo, 18 (AE) - Com 301 jogos disputados no Palmeiras, o lateral esquerdo Junior é o atual recordista do time, considerado um dos jogadores mais regulares do elenco, o lateral está a espera de uma chance na seleção para disputar as eliminatórias da copa. Mas o jogador disse não ter ficado frustrado por não ter sido lembrado pelo técnico Wanderley Luxemburgo para a partida contra a Colômbia. Ele perdeu para Athirson a vaga como reserva de Roberto Carlos. "Há muitos bons jogadores na minha posição no futebol brasileiro, por isso não me considero um injustiçado" afirmou Junior. "Vou continuar trabalhando no Palmeiras, sempre na expectativa de ser convocado na próxima vez". Junior quer repetir diante da Portuguesa Santista, neste domingo, suas boas atuações. No seu curriculum, ele apresenta com orgulho o fato de ter sido expulso apenas uma vez, desde que chegou ao Palmeiras em 1996. Foi numa partida contra o Grêmio em 97. "Nem me lembro o que eu fiz na hora, porque não sou violento e nem discuto com a arbitragem". O lateral esquerdo do Palmeiras lembrou também que raramente é advertido com o cartão amarelo. E fez questão de ressaltar que sente-se protegido por Deus, por não ter sofrido até agora nenhuma contusão séria. "Apenas uma dorzinha de tornozelo por causa das pancadas que eu levo, mas não sou de ficar parado muito tempo na enfermaria do clube". O jogador já é um dos atletas com mais minutos de partida neste semestre: são 1.153 minutos disputados nas 14 partidas. O lateral quer porém acabar com um tabu neste semestre: marcar seu primeiro gol. Desde que chegou ao Palmeiras ele fez 15 gols. Lembra que no primeiroo clássico que disputou com a camisa do Palmeiras, contra o Corinthians em 96, pelo campeonato paulista (jogo disputado em Presidente Prudente), ele fez um gol na vitória do alviverde por 3 a 1. "Depois andei marcando um ou outro, mas só agora que estou me aperfeiçoando nos chutes. "Quero realmente decidir muitas partidas pelo Palmeiras". O lateral esquerdo não pensa em deixar o Parque Antártica tão cedo. No ano passado o seu nome chegou a fazer parte da lista de alguns clubes do futebol italiano, mas a negociação não evoluiu. Ele disse que não está preocupado com a possibilidade de sair para o exterior. "Estou muito bem no Palmeiras, por isso nem sonho em jogar no outro clube, mesmo sendo para a Europa.