|
  • Bitcoin 121.924
  • Dólar 5,0950
  • Euro 5,2487
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 12/07/2022, 18:33

Raphinha fecha com Barcelona em negócio que pode chegar a R$ 380 milhões

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 12 de julho de 2022

GABRIEL CARNEIRO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Raphinha fechou nesta terça-feira (12) os últimos detalhes de sua transferência para o Barcelona. O Leeds United aceitou uma proposta que pode chegar a 70 milhões de euros (aproximadamente R$ 380 milhões), somando valor à vista e bonificações por metas alcançadas ao longo do contrato de cinco anos.

Raphinha está na Inglaterra e viaja até a Espanha nesta quarta-feira, assim como seu empresário, o ex-jogador Deco — que também é o mais novo representante do Barcelona para negócios na América do Sul. Só então os clubes devem oficializar a transação milionária.

A negociação é um desejo antigo de Raphinha, que é fã de Neymar e Messi e cresceu com o clube espanhol no imaginário, como se fosse um sonho de vida vestir a camisa do clube catalão. Consciente do sonho, o estafe do jogador de 25 anos tem feito movimentações desde o começo do ano pensando nesta janela de transferências.

O acordo verbal só demorou para se concretizar por causa da crise financeira e de bastidores que o Barcelona enfrentou ao longo dos últimos meses. As primeiras propostas feitas ao Leeds United foram todas recusadas, ao passo que o Chelsea chegou aos valores pretendidos pelo time com o qual Raphinha tem contrato, entre 55 e 60 milhões de libras (R$ 350 e 385 milhões).

O "sim" do Leeds à oferta do Chelsea fez o Barcelona se movimentar para subir a proposta e o acordo foi concluído nesta terça-feira, após longa novela.

Raphinha é formado nas categorias de base do Avaí, mas não chegou a atuar profissionalmente no futebol brasileiro. Ele defendeu Vitória de Guimarães (Portugal) e Rennes (França) antes de ser comprado pelo Leeds por R$ 115 milhões — menos de um terço do valor da venda para o Barcelona. Todos os clubes receberão frações da negociação por meio do mecanismo de solidariedade da Fifa.

O atacante de 25 anos é hoje titular da seleção brasileira e espera se manter ativo no Barcelona para ser convocado para a Copa do Mundo do Qatar.