|
  • Bitcoin 141.551
  • Dólar 4,8667
  • Euro 5,1360
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 20/03/2022, 12:09

Raphinha e Gabriel Magalhães são cortados da seleção

PUBLICAÇÃO
domingo, 20 de março de 2022

IGOR SIQUEIRA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico Tite, por motivos diferentes, tem duas baixas na convocação da seleção brasileira para os jogos contra Chile e Bolívia, pelas Eliminatórias. O atacante Raphinha, do Leeds, e o zagueiro Gabriel Magalhães, do Arsenal, não estarão na delegação para as partidas de quinta-feira (24), no Maracanã, e do dia 29, em La Paz.

Raphinha testou positivo para Covid-19 e, por conta dos protocolos de isolamento, não terá condições de viajar ao Brasil. Já Gabriel Magalhães apresentou uma justificativa de cunho pessoal: a previsão do nascimento da primeira filha durante a data Fifa. Para o lugar de Gabriel Magalhães, Tite chamou o zagueiro Felipe, do Atlético de Madrid.

Segundo a CBF, "entendendo a importância do momento para o jogador, ele foi desconvocado" pela comissão técnica. Gabriel entrou em contato com o coordenador da seleção, Juninho Paulista, e explicou a situação. Ele esteve nas duas últimas convocações da seleção, em novembro e janeiro, mas não chegou a entrar em campo.

Tite recorreu a Felipe, um conhecido desde os tempos de Corinthians. A última convocação do defensor havia sido em junho de 2021, mas ele sofreu uma lesão no joelho direito e perdeu a Copa América.

A ausência de Raphinha, por sua vez, vai dar brecha para Tite usar um novo titular na seleção nos próximos jogos na ponta direita. Antony parece ser a opção imediata.

Quanto à vaga na delegação, é preciso aguardar para ver se Tite chamará alguém que atua nessa faixa do campo ou vai buscar um centroavante — já que só convocou Richarlison, inicialmente. A comissão técnica da Seleção Brasileira começa a se apresentar neste domingo na Granja Comary. Os jogadores começam a chegar amanhã (20) para o início do período de treinos.