|
  • Bitcoin 102.450
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 22/06/2022, 10:54

Promessa da Red Bull é suspensa por comentários racistas e homofóbicos

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 22 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - A equipe Red Bull Racing suspendeu o piloto Juri Vips, que corre na Fórmula 2, após ele ter feito comentários racistas e homofóbicos durante uma live na Twitch. Enquanto jogava 'Call of Duty: Warzone', o estoniano de 21 anos usou o termo "nigga", usado para se referir de forma depreciativa aos negros, e disse que rosa é uma cor para gays.

Após a fala de Vips ter viralizado nas redes sociais, a equipe anunciou sua suspensão imediata, além de uma investigação sobre o ocorrido. "Como uma organização nós condenamos abusos de qualquer tipo e temos a política de tolerância zero contra linguagem ou comportamento racista dentro de nossa equipe", comunicou, em nota.

O estoniano usou suas redes sociais para transmitir seu arrependimento pela fala. "Gostaria de me desculpar pela linguagem ofensiva usada durante uma transmissão ao vivo. Essa linguagem é totalmente inaceitável e não representa meus valores e princípios. Eu me arrependo profundamente das minhas ações e esse não é exemplo que quero passar. Vou cooperar completamente com a investigação", afirmou.