O professor de Educação Física Marcelo da Silva negou ontem ter participação numa peneirada (teste para juvenis) que está sendo organizada em Paranavaí em nome do Londrina Esporte Clube. Na sexta-feira, dirigentes do Londrina alertaram que o clube estava sendo usado indevidamente. Marcelo, que é representante do curso de treinadores da Associação Brasileira dos Técnicos de Futebol (ABTF) no Paraná, também se diz vítima da situação e que seu nome foi utilizado sem autorização.