|
  • Bitcoin 140.232
  • Dólar 4,7700
  • Euro 5,1225
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 29/04/2022, 20:44

Presidente da CBF se manifesta sobre recentes casos de racismo no futebol

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 29 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Na tarde desta sexta-feira (29) a Confederação Brasileira de Futebol divulgou um vídeo onde Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, se manifesta a respeito dos sucessivos casos de racismo ocorridos em partidas da Copa Libertadores nesta semana.

Rodrigues relatou que tem tratado deste assunto diretamente com o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, e que ambas as partes estão indignadas com as ocorrências.

"Esses casos de racismo no futebol, principalmente em jogos da Libertadores, têm trazido uma preocupação muito grande, muita tristeza e indignação para a CBF. Nós temos tratado esse assunto diretamente com o presidente da Conmebol, o Alejandro Domínguez, e que também está muito indignado. Inclusive, ele deverá soltar uma nota pública da Conmebol ainda hoje falando sobre essa situação", disse.

Além disso, Ednaldo também mencionou que deve acontecer uma reunião em breve com todas as federações filiadas à Conmebol.

"Uma reunião deve acontecer em breve, reunindo todo o conselho da Conmebol para que todas as Federações possam ratificar e endurecer as punições no que diz respeito ao racismo", comentou.

A CBF, juntamente com a Fifa, realizará em meados de junho um grande evento internacional para debater medidas contra o racismo e todo tipo de violência no futebol, reunindo representantes de Fifa, Conmebol, Federações, clubes, justiça desportiva, Ministério Público, autoridades de segurança e imprensa.

"A CBF já vem tratando o racismo no futebol diretamente com o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Isso desde Abu Dhabi, quando teve o Mundial de Clubes", completou.