|
  • Bitcoin 149.847
  • Dólar 4,9021
  • Euro 5,1889
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 09/04/2022, 21:53

Portuguesa empata com Rio Claro e volta à Série A1 do Paulista após 7 anos

PUBLICAÇÃO
sábado, 09 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Portuguesa está de volta à Série A1 do Campeonato Paulista após sete anos. A Lusa empatou com o Rio Claro, neste sábado (9), por 1 a 1, no estádio do Canindé, pelo segundo jogo da semifinal estadual, se classificou para a final da Série A2 e garantiu uma vaga na elite paulista.

Após vencer o jogo de ida por 1 a 0, a Portuguesa precisava de um empate para assegurar o acesso e a vaga na final. E foi isso que conseguiu diante de um vibrante Canindé. Gustavo França marcou para os donos da casa, no primeiro tempo, e Bruno Moraes deixou tudo igual em belo chute de fora da área no início da segunda etapa.

A Portuguesa não disputava a Série A1 desde 2015, quando fez a terceira pior campanha e acabou rebaixada. Nesta temporada, a Lusa liderou a primeira fase e soma 12 vitórias, seis empates e uma derrota na competição.

A Lusa agora aguarda o vencedor de São Bento e Oeste para conhecer seu adversário na final da Série A2. Na ida, as equipes - que se enfrentam hoje, às 19h (de Brasília) - empataram em 2 a 2.

Com uma desvantagem ainda maior no confronto, o Rio Claro se lançou mais ao ataque, mas parou no goleiro Thomazella. Aos 44 minutos do primeiro tempo, o arqueiro defendeu o chute de Felipe Pará. O minuto seguinte, Thomazella segurou o chute cruzado de Thiago.

O fim do primeiro tempo foi marcado por forte confusão, que contou até com presença da Polícia Militar no gramado do Canindé. Segundo a transmissão do YouTube, alguns jogadores do Rio Claro partiram para cima de atletas da Portuguesa que estavam no banco de reservas. Não foi possível, porém, entender o que motivou o desentendimento.

O árbitro Douglas Marques das Flores paralisou a partida no início do segundo tempo após trombar com um dos atletas do Rio Claro no meio-campo. Levando as mãos à região abdominal, o juiz interrompeu o jogo por alguns segundos para se recuperar e prosseguir na partida.

Bruno Moraes deixou tudo igual aos 13 minutos do primeiro. Após receber a bola pela esquerda, o jogador finalizou de fora da área e acertou o ângulo esquerdo de Thomazella.

Bruno Moraes teve a chance de fazer seu segundo gol na partida aos 33 minutos da etapa final. Após receber de Felipe Pará próximo à pequena área, o atacante não pegou em chegou e mandou a bola à esquerda do gol.