|
  • Bitcoin 148.281
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2169
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 01/03/2022, 15:48

Pedrinho chega em AL após deixar Ucrânia e CSA oferece CT para treinos

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 01 de março de 2022

JOSUÉ SEIXAS
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

MACEIÓ, AL (UOL/FOLHAPRESS) - O jogador do Shakhtar Donetski Pedrinho, de 23 anos, chegou na tarde desta terça (1) a Alagoas e foi recepcionado por familiares e amigos no aeroporto. Além deles, o CSA, time em que o alagoano começou a carreira, marcou presença e entregou a ele uma camisa, além de ter oferecido o CT para que o ex-Corinthians pudesse manter o condicionamento físico.

"Esperamos que tudo possa se resolver da melhor forma e o mais rápido possível. Que neste período em casa você seja reconfortado pelos seus familiares e amigos. Estamos de portas abertas para recebê-lo, inclusive, colocando nosso CT à sua disposição para manter-se em forma. Conte conosco!", escreveu o clube.

Na carta entregue a Pedrinho, o clube repudiou os acontecimentos na Ucrânia e reforçou uma mensagem de paz.

"Obrigado pelo carinho nesse momento difícil, grato ao clube o qual eu tenho um carinho enorme, feliz pelo presente e vou guardar com maior carinho, um grande abraço pra toda nação azulina", agradeceu Pedrinho.

Os familiares e amigos de Pedrinho também reforçaram a alegria em revê-lo, inclusive com cartazes em que estava escrito 'Gratidão'. Algumas pessoas também tinham uma foto em que o jogador estava com sua esposa, Layla, e a filha, Angelina.

Mais cedo, o jogador já havia usado as redes sociais para falar sobre os últimos dias. Ele descreveu os momentos em que estava 'destruído e com medo', além de que imaginava que cada despedida de sua família pudesse ser a última.

"Todas as vezes que eu falava com minha família, me despedia como se fosse a última vez, pois não sabia se voltaria a falar com eles e em todo momento demonstrando força para que ninguém ficasse mal, mas destruído por dentro e com medo. E para Angelina, minha filha... Você tão nova e ter passado por tudo isso, toda força que eu demonstrava ter, era através de você. Teve horas que eu não pensava mais sobre mim e sim sobre você e sua mãe saírem daquela situação", escreveu o meio-campista.

A irmã de Pedrinho, Luana, registrou a chegada do atleta.