RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Paulo Bracks não é mais diretor esportivo da SAF do Vasco. O executivo foi desligado do cargo na manhã desta quinta-feira (7), dia seguinte após a vitória sobre o Red Bull Bragantino, que selou a permanência na Série A do Brasileiro. O time cruzmaltino ainda não anunciou o substituto.

A decisão foi tomada pelo CEO Lucio Barbosa e pela cúpula da 777 Partners, empresa que detém 70% das ações do futebol do clube cruzmaltino.

"Esse plano de longo prazo traz o projeto de protagonismo, e seremos de novo. Claro que não podemos prometer nada matematicamente, mas brigaremos na parte de cima. E identificamos que precisamos mudar o perfil., não que seja a pessoa ou outro ponto, mas precisamos mudar o perfil, e por isso conversamos com o Paulo, a quem agradeço muito", disse Lucio Barbosa, CEO do Vasco.

"Relação boa, espero que continue sendo um grande profissianl, mas entendemos que precisamos mudar o perfil. O Paulo não faz mais parte e, nos próximos dias, devemos conversar novamente sobre possíveis nomes", completou.

A avaliação foi que o desempenho do Vasco na temporada foi aquém do esperado, até pelo investimento de R$ 110 milhões em reforços ao longo do ano —a equipe lutou contra o rebaixamento até a última rodada. A informação sobre a demissão foi publicada, primeiramente, pelo "ge" e confirmada pelo UOL.

"Já tínhamos conversas sobre os perfis, sobre o que a gente gostaria de fazer diferente. A decisão foi difícil, porque ele é um grande profissional. Muitos o criticaram por ele ter sumido, mas acho que foi um grande ato. Ele apareceu na hora ruim e, quando começou a melhorar, deixou os outros aparecerem. Durante essa madrugada a gente conversou bastante, e a decisão foi tomada", disse.

Após o triunfo sobre o Red Bull Bragantino, Paulo Bracks chegou a falar em planejamento para 2024. "A gente precisa e merece subir um andar. Se esse primeiro ano foi de reformulação e reconstrução, tentando ser competitivo e voltando para o lugar que nunca deveria ter saído. Ano que vem temos que subir um andar".

Paulo Bracks foi anunciado como diretor esportivo da SAF do Vasco em agosto de 2022, quando a 777 assumiu a gestão.

À época, o anúncio foi feito juntamente ao de Luiz Mello como CEO —ele foi desligado do cargo em julho deste ano.