EM BUSCA DO BICAMPEONATO -

Pato Futsal vence Carlos Barbosa e está na semifinal da LNF


Vitor Ogawa - Grupo Folha
Vitor Ogawa - Grupo Folha

O Pato Futsal é a unica equipe paranaense a continuar na LNF (Liga Nacional de Futsal). No domingo (10) o time derrotou uma das equipes favoritas e que tinha a melhor campanha na etapa de classificação, o Carlos Barbosa (RS).  Embora o Pato tivesse revertido a vantagem que a ACBF possuía com a vitória no primeiro jogo, a partida de volta foi bastante tensa, já que os gaúchos sairam na frente. João Salla cobrou tiro-livre e marcou o gol da equipe gaúcha, resultado que levou a disputa para o tempo extra. Nos primeiros cinco minutos do tempo extra, o time de Carlos Barbosa conseguiu segurar o ímpeto do adversário. Na segunda etapa, os paranaenses aumentaram a pressão no ataque. Faltando 20 segundos para o fim, Di Maria, na função de goleiro-linha, arrancou no contra-ataque e marcou o gol que decretou a derrota da equipe da casa. 

O treinador do Pato Futsal, Sergio Lacerda, ressaltou  que a classificação ocorreu dentro de um grau de dificuldade grande. "Procuramos minimizar os erros. Tivemos sucesso na primeira partida e isso foi fundamental. Transferimos a responsabilidade para eles, porque a equipe deles precisava vencer em casa então vencer o primeiro jogo foi o fator determinante", destaca.  "No segundo jogo soubemos jogar. O time não se omitiu e buscou o jogo equilibrado.  A gente saiu com um a zero adverso, e propôs o jogo tempo todo. O time foi premiado com o gol a 20 segundos do final, e isso é sempre emocionante", destaca. "Emocionalmente o time estava muito focado", destaca.



Na semifinal o Pato Futsal enfrenta a tradicional equipe de Jaraguá do Sul. "É um time multi campeão, que está vivendo um bom momento com a mudança de técnico. A gente sabe que tem uma motivação de atletas. Há uma nova ideia de trabalho e o grupo deles comprou isso. Desde a classificação das últimas rodadas do playoff eles vêm em um bom momento e não é à toa que venceu o Tubarão. A equipe deles foi como nós contra o Carlos Barbosa: vivenciou cada minuto como se fosse o último. A equipe está de parabéns e a gente vai ter um grande grau de dificuldade contra eles", aponta.

Lacerda afirma que é preciso melhorar ainda mais o fator emocional, que foi decisivo nesse jogo. "Temos que melhorar essa questão de fazer muitas faltas. No primeiro tempo do jogo aconteceu muito isso porque o time está muito ansioso", aponta. Segundo ele, é preciso dar velocidade no jogo de ataque na troca de bola e melhorar o índice de acerto na última bola. "No último jogo tivemos muitas chances, que não é toda hora que aparece. A gente precisa melhorar esse índice de performance", aponta.

Questionado sobre a queda de dois favoritos, Carlos Barbosa e Corinthians, que foram as equipes de melhor desempenho na fase de classificação,  Lacerda afirma que nem sempre aqueles que terminam nas primeiras posições se classificam. "Claro que dá um grau de expectativa no sentido de que as equipes que terminaram em primeiro sejam favoritas, mas a foma do campeonato não diz isso. Ela oportuniza um time que terminou em oitavo a iniciar um outro campeonato. Aquela equipe que não tinha plantel para campeonato longo, quando são dois jogos a gente sabe que é outra competição. As equipes que foram para esse mata mata souberam jogar isso. Isso mostra o equilíbrio entre as equipes na LNF", ressalta. 

Já o Campo Mourão, que era o outro representante paranaense, acabou sendo eliminado pelo Magnus, de Sorocaba, ao perder a partida por 4 a 1. 


Continue lendo


Últimas notícias