São Paulo, 30 (AE) - O título de campeã paulista da temporada do basquete feminino pode ficar com o Paraná. O time de Helen e Silvinha, gerenciado pela ex-jogadora Hortência, vence por 2 a 0 a série melhor-de-cinco do playoff decisivo do Campeonato Paulista Feminino de Basquete, contra a Arcor/Santo André. Fica com o título com mais uma vitória amanhã, às 20h30, no Ginásio Ayrton Senna, em Carapicuiba (com ESPN/Brasil, ao vivo). O time de Santo André, da cestinha Janeth, tem uma missão complicada. Precisa ganhar, no ginásio adversário, depois de duas derrotas seguidas, para continuar na disputa do título.
No sábado, o Paraná venceu por 86 a 81, com 28 pontos de Vic Bullet. As cestinhas foram Adriana, com 30 pontos, e Janeth, com 29, de Santo André. A técnica Laís Elena Aranha justificou as duas derrotas de Santo André observando que suas jogadoras estão cansadas e desgastadas por causa das muitas competições disputadas na temporada. "O time perdeu o poder de concentração e no sábado, depois de um início fulminante, entregamos tudo de mão beijada". Laís não quer que suas jogadoras se sintam "com a corda no pescoço", mas tenta trabalhar o lado psicológico para vencer o cansaço. "Estamos com um pulmão avariado, mas o coração ainda está batendo."
Nacional - Com 24 pontos de Vanderlei, o campeão paulista Tilibra/Copimax, de Bauru, estreou com vitória contra o carioca Botafogo, por 101 a 86, hoje, na rodada de abertura do Campeonato Nacional Masculino de Basquete.
O técnico Hélio Rubens Garcia também deixou a quadra com uma vitória, na sua primeira partida no comando do Vasco, depois de dirigir Franca por 17 anos. O time venceu o Grêmio Londrina/Sercomtel por 91 a 75 (63 a 59), com 22 pontos do norte-americano Charles Byrd. Exigente, Hélio Rubens disse que está apenas iniciando um trabalho com o Vasco e que o time ainda pode crescer muito. Mas elogiou o "estado de espírito" do grupo. "Apesar de alguns erros na defesa e precipitações no ataque tivemos o jogo a nosso favor e soubemos administrar as dificuldades no momento do erro." Outro time que estreou com vitória foi o Flamengo/Petrobrás. O campeão carioca teve 29 pontos do cestinha Oscar Schmidt para derrotar o AGF/Casa Branca, estreante na competição, por 83 a 70.