Ed Carlos Rocha
De Curitiba
Invictos, Paraná Clube e Londrina jogam hoje, às 16 horas, no Pinheirão, de olho na liderança do Campeonato Paranaense. O Tricolor é o segundo colocado com nove pontos em três jogos, perdendo apenas no saldo de gols para o Coritiba. O Londrina está na terceira posição, com sete pontos em três jogos (veja quadro abaixo). A partida será transmitida para todo o Estado pela Rede Paranaense de Televisão.
Para atingir a ponta, o Tricolor terá que superar uma das melhores defesas da competição. Até agora o Londrina só tomou um gol em três jogos. ‘‘Eles não estão entre os primeiros por acaso. O time é bom e deverá apresentar muita dificuldade para a gente’’, disse o técnico Leomir Souza.
O lateral-esquerdo Ronaldo Alfredo, que volta à equipe depois de cumprir suspensão automática, vai além. Para ele, este será o confronto mais difícil para o Paraná no atual campeonato. ‘‘A campanha deles mostra que é um time que vem para lutar pela ponta’’, observou Ronaldo, prevendo muita retranca do adversário. E, para furar essa retranca, o Tricolor conta com outro jogador que está voltando: o atacante Ilan recuperou-se de pancada no joelho e está garantido para fazer dupla com Márcio.
Ontem, os jogadores do Londrina, comandados pelo técnico Val de Mello, treinaram pela manhã em Curitiba, utilizando as instalações do CT do Caju. À tarde, eles fizeram apenas uma caminhada no Parque Barigui.
Val de Mello confirmou a equipe com a entrada do recém-contratado Aléssio no lugar de Tadashi. Para o atacante Aléssio, voltar à equipe na partida que pode marcar a milésima vitória na história do Tubarão é uma honra e uma grande responsabilidade. ‘‘Se vencermos, a partida entra para a história e todos na equipe ganham com isso, principalmente proque o adversário é uma grande equipe.’’