|
  • Bitcoin 138.148
  • Dólar 4,7311
  • Euro 5,0812
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 09/04/2022, 23:19

Palmeiras leva 2 em 13 minutos e perde para Ceará na estreia do Brasileirão

PUBLICAÇÃO
sábado, 09 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Palmeiras foi surpreendido na estreia do Campeonato Brasileiro. Tido como um dos favoritos ao principal título nacional da temporada, o Verdão recebeu o Ceará no Allianz Parque, não conseguiu neutralizar os contra-ataques do adversário nos 15 minutos iniciais e acabou derrotado por 3 a 2. Os gols do Vozão foram marcados Jorge (contra), Stiven Mendoza e Lucas Ribeiro, enquanto Zé Rafael e Gustavo Gómez diminuíram para o Alviverde.

Com um jogo inteligente e priorizando a velocidade de Mendoza pelo lado esquerdo, o Ceará fez dois gols em 13 minutos de jogo e soube suportar a pressão adversária durante o restante do confronto. O Palmeiras, embora tenha terminado a partida com 55% de posse de bola, aparentou cansaço físico, pecou na criação e não somou pontos no Allianz.

O início de jogo do Ceará no Allianz Parque foi arrasador. O Vozão apostou nos contra-ataques em velocidade com o colombiano Stiven Mendoza e, logo aos seis minutos, abriu o placar. O volante Rodrigo Lindoso roubou bola no meio de campo, levantou a cabeça e viu o ponta disparando pelo lado esquerdo. Mendoza recebeu a bola com a defesa do Palmeiras desarmada e tocou rasteiro para Vina, mas Jorge chegou antes e, de carrinho, mandou contra a própria meta abrindo o placar da partida.

Depois de desperdiçar pelo menos três bons contra-ataques, o Ceará conseguiu anotar o terceiro no fim do segundo tempo. Em jogada criada por Vina, Erick apareceu livre na área e chutou no alto. O goleiro Weverton espalmou, mas a bola sobrou nos pés de Lucas Ribeiro que dominou e, com toda a calma, deslocou o adversário e encheu o pé para o fundo da rede.

Faltando um minuto para o término da partida, o Palmeiras teve um pênalti anotado após auxílio do VAR. O atacante Veron foi derrubado na área por Richardson, o árbitro marcou a penalidade e Gustavo Gómez marcou no fim. Apesar disso, não houve mais tempo para a reação alviverde.

Movimentado do início ao fim, o confronto entre Palmeiras e Ceará foi encerrado com uma grande confusão em campo. Primeiro Iury Castilho se desentendeu com um gandula e, depois, Vina e Danilo trocaram empurrões, o que desencadeou uma briga entre as duas equipes.

Depois do revés em casa na estreia do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo na próxima terça (12), às 21h30 (horário de Brasília), para encarar o Independiente Petrolero, da Bolívia, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

O Ceará joga no mesmo dia, às 19h15 (de Brasília), contra o Deportivo La Guaira, pela Copa Sul-Americana. A partida será disputada na Venezuela.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2x3 CEARÁ

Data: 09/04/2022

Local: Allianz Parque, São Paulo (BRA)

Hora: 21h (de Brasília)

Cartões amarelos: Jorge, Marcos Rocha, Danilo, Abel Ferreira e Zé Rafael (Palmeiras); Vina (duas vezes), Lindoso, Erick, Richard, Geovane, Dorival Júnior, Mendoza, Iury Castilho e Luiz Otávio (Ceará).

Cartões vermelhos: Vina (Ceará)

Gols: Jorge, do Palmeiras (contra), aos seis minutos do primeiro tempo; Mendoza, do Ceará, aos 13 minutos do primeiro tempo; Zé Rafael, do Palmeiras, aos 21 minutos do primeiro tempo; Lucas Ribeiro, do Ceará, aos 40 minutos do segundo tempo; e Gustavo Gómez, do Palmeiras, aos 50 minutos do segundo tempo.

PALMEIRAS

Weverton, Marcos Rocha (Mayke), Murilo, Gómez e Jorge (Atuesta); Danilo, Zé Rafael (Rafael Navarro) e Raphael Veiga (Gabriel Veron); Dudu (Giovani), Scarpa e Rony. Técnico: Abel Ferreira.

CEARÁ

João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio (Gabriel Lacerda) e Bruno Pacheco (Geovane); Richard (Lucas Ribeiro), Rodrigo Lindoso, Fernando Sobral (Richardson), Lima (Erick) e Vina; Mendoza. Técnico: Dorival Júnior.