São Paulo - O Palmeiras enfrenta problemas dentro e fora do campo. Além de não contar com a dupla de zaga Denis e Gustavo (ambos contundidos) nas quartas-de-final do Paulista, a equipe vai recorrer hoje à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para ficar com vaga na Copa Sul-Americana.
O torneio será realizado no segundo semestre, mas - segundo o presidente do clube, Mustafá Contursi - apresenta problemas no ranking das equipes, que inclui Flamento e Cruzeiro. Entre os supostos erros do ranking, está uma pequena atribuição de pontos ao Palmeiras pela Copa Mercosul, competição dominada pelo time. ''O ranking (da Conmebol) tem critérios políticos. Não tenho dúvida de que, se fosse por critério técnico, o Palmeiras estaria na competição'', disse Contursi.
O Palmeiras - clube que mais pontos somou (78), mais vitórias teve (24), mais gols marcou (86) e que mais chegou a finais da Mercosul (três vezes em quatro edições, tendo ganho o título em 1998) - foi ''premiado'' com apenas cinco pontos no torneio, que deu lugar à Copa Sul-Americana no ranking da Conmebol. O Corinthians, que nunca foi à final, ganhou dez pontos.