Oscar bate mais um recorde e joga até os 5011/Mar, 16:26 Por Heleni Felippe São Paulo, 11 (AE) - Recordes não faltam na carreira de Oscar Schmidt, um dos maiores jogadores do basquete brasileiro, ainda em atividade, pelo Flamengo/Petrobrás, aos 42 anos. O cestinha, de 2,04 metros e 106 quilos, não esconde o orgulho a cada nova marca. Dessa vez, depois da rodada de sexta-feira, virou o cestinha de todos os tempos do Campeonato Nacional. A cada novo recorde Oscar reforça sua paixão pelo basquete. "Em tudo isso, o meu maior prazer é o de continuar jogando bem", afirma Oscar. E vai mais longe: não planeja deixar as quadras antes dos 50 anos. Oscar superou o total de pontos que era de Rogério, do Vasco, na última rodada do Nacional. O ala marcou 37 na vitória do Flamengo contra o Tilibra/Copimax, de Bauru, por 107 a 100. Agora soma 4.773 pontos em 131 jogos do Nacional (média de 36,43), de 1990 a 2000. Rogério, que era o recordista, está na segunda colocação. Soma 4.758 pontos em 245 jogos (média de 19,42). Apesar do recorde de Oscar, o Vasco, time de Rogério, que venceu o Marathon/Franca, por 90 a 79, na sexta-feira, é o líder do Nacional (com 9 vitórias em 10 jogos). O Flamengo é o segundo entre as 14 equipes da competição (com 8 vitórias). Oscar, que ainda é o atual cestinha do Nacional, com 334 pontos, uma média de 33,4, observou que sua pontuação no torneio é apenas nos últimos cinco anos. "Eu voltei da Europa em 1995 e estou jogando o meu quinto Campeonato Brasileiro", observou Oscar. "É sempre um prazer quebrar um recorde, mas desde que o meu time esteja bem, fazendo uma boa campanha, como agora." Especial - Oscar é um colecionador de recordes, inclusive internacionais. O mais especial, aquele que guarda com carinho, refere-se a sua participação nos Jogos Olímpicos. Oscar disputou cinco Olimpíadas, entre 1980 e 1996. "O fato de eu ter sido o cestinha em três Olimpíadas é o número mais especial da minha carreira", afirmou. "Jamais vou esquecer, dá arrepio lembrar de quando o meu recorde foi anunciado pelo microfone em Atlanta." Ele foi o cestinha em Seul, em 1988, com 338 pontos; em Barcelona, em 1992, com 198 pontos; e em Atlanta, em 1996, com 219 pontos. Rodada - A rodada do Nacional neste domingo terá seis jogos: às 11 horas - Marathon/Franca x AGF/Casa Branca, em Franca; às 18 horas - Valtra/Mogi x Botafogo, COC/Ribeirão x Vasco e Corinthians/RBM x Vasco/Barueri, em Santa Cruz do Sul; às 19 horas - Unit/Uberlândia x A Hebraica e Badesc/Ipiranga x Tilibra/Copimax/Bauru, em Blumenau.