Gelsenkirchen (Alemanha) - Tudo pronto na Alemanha para o início das oitavas de final da Eurocopa neste sábado (29), depois de uma fase de grupos com várias surpresas, como a eliminação da Croácia.

A reportagem analisa cada um dos confrontos, nos quais alguns dos pesos pesados do futebol europeu terão pela frente a ambição de seleções menores dispostas a continuar surpreendendo.

Suíça x Itália

A "Azzurra", atual campeã europeia, chega para o jogo de sábado contra a Suíça em Berlim, às 13h, com muito trabalho a fazer, depois de garantir o segundo lugar do Grupo B nos últimos segundos em duelo com a Croácia (1 a 1).

Os italianos terão que tomar cuidado com a seleção suíça, que pode ter até quatro jogadores da Serie A em seu time titular e já demonstrou no empate com a Alemanha (1 a 1) que é capaz de encarar os favoritos.

Alemanha x Dinamarca

Renascida sob a batuta do técnico Julian Nagelsmann, a Alemanha foi uma das melhores seleções da fase de grupos e parte com amplo favoritismo contra a Dinamarca, que passou como segunda do Grupo C.

O técnico da seleção dinamarquesa, Kasper Hjulmand, avisou que sua equipe sempre "dá um passo à frente" contra adversários grandes, mas a 'Mannschaft' contará com o apoio da torcida em Dortmund neste sábado, às 16h.

Inglaterra x Eslováquia

A Inglaterra pode se sentir feliz por ter caído com a Eslováquia nas oitavas, depois de garantir a liderança do Grupo C mesmo com três jogos decepcionantes contra equipes 'a priori' inferiores. O jogo será neste domingo, às 13h.

O técnico Gareth Southgate vem sendo muito criticado pelo desempenho dos 'Three Lions' e precisa encontrar soluções para uma das equipes favoritas ao título.

Espanha x Geórgia

A seleção espanhola de Luis de la Fuente foi a única que terminou a fase de grupos com 100% de aproveitamento, liderando o complicado Grupo B com uma simbólica vitória sobre a Itália (1 a 0).

Depois de ter poupado os titulares no duelo com a Albânia, a 'Roja' parte como favorita para o jogo contra a Geórgia no domingo, às 16h, em Colônia.

No entanto, os georgianos estão vivendo um conto de fadas no torneio, e mostraram sua força vencendo Portugal (2 a 0) na terceira rodada do Grupo F.

França x Bélgica

Talvez o confronto mais imprevisível, entre duas grandes equipes que ainda não encontraram seu melhor futebol e estarão frente a frente na segunda-feira, às 13h, em Düsseldorf.

A França se classificou como segunda do Grupo D, com apenas dois gols marcados e com Kylian Mbappé lesionado após sofrer uma fratura no nariz no jogo de estreia contra a Áustria.

Já a Bélgica mostrou bom desempenho, mas uma preocupante deficiência nas finalizações. O jogo empate sem gols com a Ucrânia foi uma decepção para os torcedores e colocou em risco a classificação da equipe para as oitavas de final no Grupo E.

Portugal x Eslovênia

Portugal é o grande favorito no duelo contra a Eslovênia, na segunda-feira, às 16h, em Frankfurt, e o técnico Roberto Martínez contará com muitos de seus titulares descansados, depois de poupar na derrota para a Geórgia, quando a equipe já tinha garantida a liderança do grupo.

Por sua vez, a Eslovênia não brilhou no Grupo C, terminando na terceira posição com três empates e tendo marcado apenas dois gols, mas o time do técnico Matjaz Kek está invicto há nove jogos e derrotou a seleção portuguesa (2 a 0) em um amistoso disputado em março.

Romênia x Holanda

Os holandeses fizeram uma fase de grupos decepcionante, terminando na terceira posição do Grupo D, e deverão ter atenção máxima na terça-feira, às 13h, contra a Romênia, que chegou às oitavas de final da Euro pela primeira vez em 24 anos como líder do Grupo E.

Apesar disso, a 'Oranje' caiu do lado mais fácil da chave, com apenas Itália e Inglaterra em seu hipotético caminho até a final, e o jogo em Munique contra os romenos pode ser um divisor de águas para o time do técnico Ronald Koeman.

Áustria x Turquia

A Áustria é uma das grandes surpresas do torneio e, comandada pelo técnico Ralf Rangnick, mostrou um futebol atrativo primeira fase, ficando à frente de França e Holanda no Grupo D.

Na terça-feira, às 16h, em Leipzig, terá a chance de chegar às quartas de final pela primeira vez em sua história contra a Turquia do italiano Vincenzo Montella, uma equipe cheia de talento em campo e com grande apoio das arquibancadas.