|
  • Bitcoin 121.615
  • Dólar 5,0547
  • Euro 5,2170
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 24/07/2022, 14:44

'O Brasileiro é um campeonato de recuperação para o Flamengo', diz Dorival

PUBLICAÇÃO
domingo, 24 de julho de 2022

LETÍCIA MARQUES
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo de Dorival Júnior quebrou o tabu histórico e venceu o Avaí por 2 a 1, na Ressacada, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico reconheceu a dificuldade em conseguir o resultado, comemorou a vitória e a marca atingida.

O jogo morno teve os três gols no segundo tempo. Enquanto o Avaí começou pressionando e abriu o placar, o Fla conseguiu o empate logo na sequência, no entanto, demorou a desempatar, visto que Pedro marcou aos 40 minutos da segunda etapa. Os dois gols do camisa 21 fizeram o Flamengo quebrar o tabu e vencer pela primeira vez no estádio.

"Foi uma partida interessante em muitos momentos e truncada em outras. No primeiro tempo, nenhuma das duas equipes conseguiu fazer a bola rolar. No segundo tempo, o Avaí entrou diferente e abriu o placar, o que modificou o jogo. Nós mudamos a nossa atitude, a intensidade, melhoramos. Nós buscamos muitas oportunidades. É merecido o resultado pela forma que o Flamengo buscou. Foi um bom jogo, bonito de ser visto. Jogo bem jogado, bem disputado. Vencer o Avaí é difícil", disse Dorival

"É uma marca importante (quebrar o tabu na Ressacada). É interessante quebrar essa marca. Fico feliz de ter participado, mas, de um modo geral, vamos construindo a nossa história. O Brasileiro é um campeonato de recuperação para o Flamengo. Não temos outro caminho a não ser ir tirando esses pontos para se aproximar das equipes que lideram", encerrou o técnico em entrevista coletiva.

Veja outras respostas:

Pedro e Vidal

"O Flamengo tem vários jogadores convocados, de várias seleções. Eu fico feliz com essa recuperação do Pedro e com essa ambição que ele tem em servir a seleção. O Gabriel é assim também, Ribeiro e o Arrrascaeta também. Os jogadores tem que querer a convocação. Estamos próximos da Copa e eu quero que vários deles possam ter a oportunidade."

"Vidal vai ser importante para gente. Temos que ter calma e paciência para que ele recupere toda sua posição. Ele vai alcançar o melhor buscando uma sequência. Foram poucos trabalhos com bola e ele se sente integrado à equipe e por isso ele veio para cá. Não precisávamos adiar a estreia dele. É tudo questão de tempo."

Dificuldade de vencer o Avaí

"Eu já sabia e alertei a todos os jogadores que o Avaí seria muito difícil de ser batido. Avisei que era preciso concentração para ter uma boa performance e um bom resultado. Nós não nos surpreendemos porque observamos o Avaí. É um belo trabalho do Barroca, é uma equipe consistente. Consciência, nós tínhamos, os jogadores foram alertados, nós sabíamos que teríamos dificuldades."