|
  • Bitcoin 103.062
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5626
Londrina

No Sport, Ricardo Gomes vai embora e os planos são para 2000

PUBLICAÇÃO
domingo, 03 de outubro de 1999

Por Angela Lacerda
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Recife, 04 (AE) - O ex-técnico do Sport Mauro Fernandes pode vir a ser o substituto de Ricardo Gomes, que entregou o cargo depois da derrota para a Ponte Preta, ontem, em Campinas. Depois de uma reunião para discutir o assunto, hoje à tarde, na sede do clube, os dirigentes do Sport não confirmaram a escolha, mas o diretor de Futebol, Ruddy Machado, disse que não seria errado especular em cima de "técnicos de grandes clubes".
"Estamos analisando os nomes e tentando definir quem se adapta melhor à realidade atual do time", complementou o vice-presidente de Futebol, Paulo Belfort. O anúncio deve ser feito ainda amanhã. Mauro Fernandes treinou o Sport no Brasileiro do ano passado, quando o time ficou entre os oito primeiros colocados.
Praticamente sem condições de classificação para a segunda fase, o Sport não está interessado em mandato-tampão e busca alguém que trabalhe com a equipe visando a um bom desempenho no próximo ano. "Este ano já está morto", resumiu o vice-presidente do clube, Wanderson Lacerda, ao lembrar que, para ficar entre os oito primeiros, o Sport teria de vencer todos os seis jogos que tem pela frente. "Por isso, todo o planejamento está voltado para o ano 2000", explicou.
Ricardo Gomes disse deixar o Sport com tristeza, por ter sido a primeira vez que sai de um clube sem deixar um título. Ele avaliou como positivo o seu trabalho, mas entendeu a demissão. "O problema é que os bons resultados não aconteceram e a cultura do futebol brasileiro é esta mesmo, a troca de treinador como solução mais fácil."