Finkel 99
Como a coluna ficou de férias por um mês, vamos aos fatos do final do ano passado, século passado. No último brasileiro do ano, o Troféu José Finkel, o Vasco foi novamente o grande vencedor, com folga. A competição teve dois índices olímpicos (Borges e eu), seis recordes sul-americanos e sete brasileiros, além de inúmeros de campeonato!

Recorde mundial
Mas o recorde mais emocionante, mundial, foi de uma equipe de revezamento de quatro atletas paraolímpicos: Luiz Silva, Clodoaldo Silva, Francisco de Assis e Adriano Gomes. A arquibancada inteira foi ao delírio com a demonstração de força e garra dos nadadores. Para melhorar, Luiz Silva bateu mais um recorde mundial abrindo o quarteto.

Matteo
Mas a mulherada gostou mesmo foi da presença do ator Thiago Lacerda, o Matteo da novela Terra Nostra. Lacerda nadou pelo Tijuca do Rio, onde foi campeão brasileiro infanto-juvenil, mas foi para as finais do último dia vestido com a camisa do Flamengo. Deu azar ao premiar as vencedoras dos 200m costas, todas vascaínas...

Flamengo campeão
Após perder os principais campeonatos absolutos do ano passado para seu arqui-inimigo, o Vasco, o Flamengo acabou 1999 com um título, o de líder do ranking brasileiro. Organizado pela Confederação, o ranking leva em conta as colocações em todos os campeonatos brasileiros.

Patrocínio novo
Gustavo Borges tem mais um motivo para continuar sua vitoriosa carreira. A administradora de cartões VISA tornou-se mais um de seus patrocinadores. O apoio está completo para as Olimpíadas, considerou Gustavo.

Carro novo
Justin Ewers, Brad Schumacher e Rachel Komisarz começaram 2.000 de carro novo. Com o patrocínio da GM, eles estavam entre os 100 atletas escolhidos para levar um Cadillac Deville como parte do programa de apoio olímpico da empresa. A seleção foi baseada nas necessidades financeiras, compromisso em treinos e competições e classificação como esperança olímpica.

Recordes de Klim
Michael Klim vai chegar em Sidney com uma boa disposição, somente em 99 ele detonou sete recordes mundiais, entre individuais e revezamentos. Poderiam ser oito, se o revezamento da Austrália não fosse desclassificada no Mundial de Piscina Curta. O nadador de 22 anos deve ser o favorito novamente em uma prova quando começarem as Olimpíadas (em Atlanta era o número 1 do ranking nos 200m livre, mas não se classificou para as finais A). Hoje ele detém as cinco melhores marcas nos 100m borboleta, incluindo aí dois recordes mundiais em três dias, ambos em tentativas isoladas. Este fato trouxe à tona uma discussão sobre a validade destas tentativas, pois não teria a pressão de adversários, nem marola... Mas o nadador já bateu recordes em competições também, provando que não é recordista por acaso.

Nova tecnologia
O novo maiô da Speedo está para ser lançado e, segundo seu presidente, vai revolucionar a natação como o Aquablade o fez. Seguindo uma tradição que começou com o S-2000 em Barcelona/92, a companhia segurou até o último momento, e o novo modelo deve ser usado somente por nadadores de elite. Para testar o novo calção ela assinou um contrato com Grant Hackett, recordista mundial dos 400m e 1.500m na curta.

Rogério Aoki Romero é nadador do Minas Tênis e 12 vezes medalha de ouro no Troféu Brasil de natação. Ele escreve sempre às quintas-feiras na Folha