|
  • Bitcoin 111.318
  • Dólar 5,2423
  • Euro 5,5322
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 27/05/2022, 11:13

Medina diz que segue com técnico estrangeiro enquanto padrasto fica com Sophia

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 27 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O surfista Gabriel Medina afirmou que seguirá a parceria com o técnico australiano Andy King na segunda metade da temporada de 2022 do Circuito Mundial. Após abrir mão das cinco primeiras etapas do ano para cuidar da saúde física e mental, o tricampeão mundial retorna na etapa de G-Land, na Indonésia, com a primeira chamada nesta sexta-feira (27) à noite (horário de Brasília).

Em 2021, Medina deixou de ser treinado pelo padrasto, Charles, que acompanhou o surfista ao longo de toda a carreira. A justificativa do tricampeão foi que Charles estava focado na carreira de Sophia Medina, irmã mais nova de Gabriel.

A mudança ocorreu em meio a um racha familiar envolvendo a mãe do surfista, Simone, e a então esposa dele, a modelo Yasmin Brunet. Agora divorciado, Medina declarou que nada muda. Ele continua com King, enquanto Charles segue com Sophia.

"O Andy King vai de novo comigo. Foi legal no ano passado, acho que vai ser melhor esse ano, a gente se conheceu bastante. Ele é um cara muito maneiro. Sobre o que já falei em algumas entrevistas e repito aqui, ele (Charles) está focado na minha irmã, vai ser bom para ela. Espero que dê tudo certo e que encontre ela no circuito comigo", disse em entrevista ao jornal O Globo.

Sophia, de 17 anos, já disputou algumas das competições de acesso ao Circuito Mundial de Surfe e sonha em fazer parte da elite da modalidade. Não falta torcida do irmão.

"Seria um sonho ter minha irmã no tour. Espero que isso aconteça um dia. Aí, vocês vão ver o que é um irmão babão", declarou Medina.