|
  • Bitcoin 105.223
  • Dólar 5,2228
  • Euro 5,4757
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 10/06/2022, 18:11

Mbappé sai do banco, faz golaço e salva França de derrota contra a Áustria

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 10 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A seleção francesa mais uma vez ficou abaixo do esperado na tarde desta sexta-feira (10) e teve de correr do prejuízo para arrancar empate por 1 a 1 contra a Áustria, em Viena, pela terceira rodada da fase de grupos da Liga das Nações. No Estádio Ernst-Happel, os anfitriões armaram a retranca após sair na frente com Weimann, mas Mbappé saiu do banco para salvar a campeã mundial com um gol na reta final.

O empate impede a França de se aproximar da Dinamarca, que lidera o grupo 1 da competição (sete pontos, contra dois). A seleção azul amarga o terceiro tropeço seguido e é a lanterna da chave. Áustria e Croácia somam quatro pontos. Todas estas seleções voltam a campo às 15h45 (de Brasília) de segunda-feira (13): a Áustria visita a Dinamarca, e a França tenta se recuperar em casa contra a Croácia, em nova reedição da final da última Copa do Mundo.

O técnico Didier Deschamps tem rodado a seleção francesa para diminuir o desgaste neste final de temporada europeia: foram sete mudanças em relação ao empate contra a Croácia, há quatro dias. A equipe foi competitiva nos dois jogos e tem talento, mas nenhuma delas é a titular, e a individualidade de Mbappé faz muita falta. Assim como os croatas haviam feito, a Áustria também tentou explorar este descompasso francês —alguns erros de passe e criação mais lenta do que o usual.

Mesmo mexida, a França começou melhor do que a Áustria, foi dona do jogo desde o começo e teve chances para sair na frente. Na melhor delas, Benzema teve um rebote dentro da pequena área, mas cabeceou fraco e desperdiçou. No entanto, a zaga reformulada de Deschamps vacilou no posicionamento e cedeu o gol austríaco ao deixar Weimann completamente livre nas costas de Saliba.

Uma semana após ser substituído com dores no joelho, Mbappé voltou a campo hoje. Ele havia jogado 45 minutos contra a Dinamarca, na sexta-feira passada (3), e hoje jogou cerca de meia hora no segundo tempo. Começou com dificuldades e um pouco egoísta contra a retranca armada pelos austríacos. Foi só ter espaço, porém, que o camisa 10 francês decidiu: partiu em velocidade, foi lançado por Nkunku e bateu no ângulo para empatar. Ele quase virou minutos depois, mas parou em defesa fantástica do goleiro Pentz.