Mayra Aguiar vence por ippon em 40 segundos em estreia nas Olimpíadas


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Começou de forma brilhante a campanha da judoca brasileira Mayra Aguiar nas Olimpíadas de Tóquio-2020, na categoria até 78 kg, nesta quinta-feira (29).

Em 40 segundos de luta, ela derrubou a israelense Inbar Lanir de costas no tatame e conseguiu um ippon, encerrando o combate e avançando para as quartas de final.

Bicampeã mundial, Mayra pode se tornar a primeira judoca brasileira a conquistar três medalhas olímpicas. Esta é sua quarta participação nos Jogos, após Pequim-2008, Londres e Rio-2016. Nas duas últimas, levou o bronze.

Considerando todos os esportes, a atleta pode se igualar a Fofão, hoje a única mulher brasileira medalhista em três Jogos diferentes.

Mayra, que possui ainda quatro medalhas pan-americanas e sete em Mundiais, e tornou conhecida do grande público aos 15, após chegar à final do Pan do Rio-2007, ainda sem ser faixa preta na ocasião.

No ano passado, a gaúcha lesionou o joelho e precisou passar por cirurgia, a sétima de sua carreira. Por causa da operação e da pandemia de Covid-19, ficou 16 meses sem lutar, até retornar no Mundial disputado em junho.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo