Marcelinho ganha aumento e faz Corinthians golear11/Mar, 18:36 MOGI-MIRIM, 11 (AE) Durante a semana, Marcelinho Carioca desabafou, pediu aumento de salário, R$ 900 mil relativos à transferência do seu passe da Federação Paulista de Futebol para a Hicks Muse - parceira do Corinthians - e prorrogação do seu contrato. Disse que estava "sem cabeça para treinar" com a dramática situação de quem recebia R$ 120 mil mensais. A diretoria atendeu a suas exigências e Marcelinho transformou-se. Neste sábado, em Mogi-Mirim, marcou dois gols e comandou a goleada do Corinthians sobre o time local por 5 a 2. No intervalo da partida, quando o Alvinegro vencia por 2 a 1, com dois de Marcelinho, o camisa 7 confessou estar mais animado para jogar após o reforço financeiro garantido. "A diretoria do clube deu sinal verde na resolução da minha situação e, por isso, estou jogando deste jeito", comentou. Luizão (2) e Vampeta também marcaram para o Corinthians; Nei Júnior (2) fez os gols do Mogi. O Mogi Mirim começou melhor e abriu o placar aos 21 minutos, com um gol de Nei Júnior. Marcelinho empatou aos 26, após receber passe de Kléber. O Corinthians passou a dominar o jogo e, aos 38, novamente Kléber cruzou para Marcelinho marcar o segundo, de cabeça. O craque já fez 170 gols em 350 jogos pelo clube. A equipe local voltou a assustar no início do segundo tempo, quando Nei Júnior aproveitou indecisão de Dida e Adílson e empatou a partida, aos 6 minutos. Depois, só deu Corinthians. Sob o comando do meia Ricardinho, o time foi em busca da segunda vitória consecutiva no campeonato. Luizão fez 3 a 2 aos 15 minutos, depois que o goleiro Mauro rebateu chute de Ricardinho. No rebote, o centroavante colocou a bola, de cabeça, fora do alcance de Mauro. Pouco depois, o volante Vampeta marcou o quarto gol, em chute de fora da área. O goleiro falhou. Aos 30, Ricardinho fez lançamento preciso para Luizão desviar a bola do goleiro: 5 a 2. Na segunda-feira, os jogadores do Corinthians viajam para Assunção, local da partida de terça-feira contra o Olimpia, pela Taça Libertadores da América. Os paraguaios lideram o Grupo 3, com 6 pontos em dois jogos. Os brasileiros têm 3. FICHA TÉCNICA Gols Nei Júnior aos 21, Marcelinho Carioca aos 26 e aos 38 minutos do primeiro tempo; Nei Júnior aos 6, Luizão aos 15, Vampeta aos 28 e Luizão aos 30 do Segundo. Mogi Mirim Mauro; Marcelo Batatais, Fábio Paulista e Alexandre (Luciano Araújo); Ronaldo (Guto), Tião, Márcio, Alexandre Salles e Rogerinho; Jó e Nei Júnior (Sandro Gaúcho). Técnico Rubens Fantato. Corinthians Dida; Daniel, Fábio Luciano, Adílson e Kléber; Vampeta (Luís Mário), Edu, Ricardinho (Marcos Sena) e Marcelinho Carioca; Edílson (Dinei) e Luizão. Técnico Oswaldo de Oliveira. Juízes Cléber Abade e Élcio Borborema. Carão amarelo Luizão e Edu. Renda e público Não divulgados. Local Mogi-Mirim.