|
  • Bitcoin 149.847
  • Dólar 4,9021
  • Euro 5,1889
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 14/04/2022, 15:00

Marcelinho Carioca lamenta morte de Rincón nas redes sociais

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 14 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ex-jogador Marcelinho Carioca lamentou a morte de Freddy Rincón em suas redes sociais na manhã desta quinta-feira (14).

"Perdemos nosso capitão, gigante, craque e monstro do 1º Mundial do Corinthians. Nossas condolências a todos os familiares", escreveu o jogador na publicação.

Ídolo histórico do Corinthians e ex-jogador da seleção colombiana, Freddy Rincón morreu nesta quinta-feira em decorrência dos ferimentos sofridos em um acidente de carro na madrugada de segunda-feira (11). Aos 55 anos, o ex-meio-campista estava internado desde a manhã do mesmo dia devido a um traumatismo craniano, chegou a ser operado, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Marcelinho e Rincón jogaram juntos no Corinthians e conquistaram o Mundial de Clubes de 2000, os Campeonatos Brasileiro de 1998 e 1999 e o Campeonato Paulista 1999.

Duas brigas famosas marcaram a relação entre os dois ex-companheiros. Na primeira, em uma partida da Copa Mercosul de 1999 contra o San Lorenzo na Argentina, Marcelinho foi expulso por reclamação e Rincón achou que foi de propósito, para não jogar a próxima partida. O Corinthians sofreu a virada.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, o ex-atacante Luizão contou como o colombiano reagiu no vestiário: "O Rincón foi para cima e arremessou o Marcelinho naqueles armários de ferro do estádio do San Lorenzo. Deve ter doído muito".

No mesmo ano, saiu nos jornais uma entrevista de Marcelinho dizendo que preferia Amaral na posição de Rincón. O colombiano reuniu todo mundo no seu quarto da concentração e foi tirar satisfações.