Rio - O meia David Beckham ganhou um prêmio de consolação após a derrota do Manchester por 3 a 1 para o Vasco, na noite de sábado, no Maracanã. Ele recebeu das mãos de Romário uma camisa do Vasco e depois seguiu para o ônibus da delegação inglesa sem sequer atender aos jornalistas de seu país. O comportamento de Beckham no Mundial, sempre mal-humorado, tem-lhe rendido muitas críticas.
Depois da expulsão na partida de estréia por jogo violento, envolveu-se numa polêmica por causa de declarações públicas de sua mulher de que ele usava roupas íntimas femininas e foi ríspido com torcedores no hotel onde está concentrado o Manchester. Ele assistiu ao jogo com o Vasco do banco de reservas. Quando deixava o Maracanã com a camisa de Romário nas mãos, foi ironizado por vascaínos e respondeu com um gesto agressivo.
O atacante inglês não quis comentar a tentativa de sequestro de sua mulher, a Spice Girl Victoria Adams, e seu filho Brooklyn, em Londres.
A polícia britânica detectou um grupo que pretendia pedir um resgate de US$ 1,6 milhão.
O técnico do Manchester, Alex Ferguson, disse que o objetivo de sua equipe no Mundial passou a ser a disputa do terceiro lugar. "Não viemos aqui para perder e gostei da minha equipe nos dois jogos", frisou. Para ele, o Manchester United ainda é o melhor time do mundo. Ele lamentou as falhas individuais da zaga, que permitiram os dois gols de Romário no clássico. "Não tivemos uma derrota tática para o Vasco; perdemos por causa de erros bobos na saída de bola." Ele disse ter ficado impressionado com a festa que a torcida do Vasco fez no Maracanã e fez elogios ao conjunto da equipe carioca, destacando a atuação do lateral Jorginho e de Romário. "A imagem que tenho de Romário é a da Copa de 1994; então, eu venho ao Rio e vejo novamente o Romário, sempre andando em campo, mas com a mesma categoria; é gratificante", comentou.
O treinador lamentou o forte calor do verão carioca e fez uma brincadeira sobre a alta temperatura no Rio. "O ideal é que estivéssemos aqui, sob esse sol intenso, para ficar na praia e não a trabalho." Ferguson, que também cumpria suspensão por ter sido expulso contra o Necaxa, assistiu ao jogo da tribuna do Maracanã e desceu para o vestiário no intervalo, quando o Vasco já vencia por 3 a 0.
Fergunson vai escalar o time reserva para o jogo de terça-feira contra o South Melbourne, aproveitando um ou dois titulares apenas. Durante o treino de hoje, no Fla-Barra, os jogadores ingleses distribuíram brindes à crianças carentes da Faferj (Federação das Associações de Favelas do Estado do Rio de Janeiro). (S.B.)