JOGO-TREINO Malutrom vence o Paraná no Pinheirão Mauro FrassonIlan disputa a bola com jogadores do Malutrom: paranistas não conseguiram furar defesa adversária Fernando Tupan De Curitiba O Malutrom venceu o jogo-treino contra o Paraná Clube, no Estádio do Pinheirão, em Curitiba, por 2 a 1, gol de Ademir, Tcheco e Ilan. O Tricolor mostrou deficiência nas coberturas pelas laterais. Principalmente quando Patrício e Ronaldo Alfredo perdiam a bola. Os gols foram anotados nos primeiros 50 minutos de coletivo. O Caçula abriu o marcador através de Ademir, aos 5m. O meia recebeu um lançamento nas costas de Patrício, bateu Perivaldo no pique, entrou na área e encobriu Marcos. O gol despertou os paranistas que passaram a buscar o empate. O Paraná conseguiu seu intento aos 20 minutos através de Ilan, escorando um lançamento de Patrício. O lateral-direito foi a linha de fundo e encontrou o atacante no segundo pau. O 1 a 1 deixou as equipes mais agressivas. O Malutrom buscava chegar ao gol de Marcos aproveitando a velocidade de Ademir e Rodrigo Batatinha. O Tricolor ao contrário tentava chegar ao gol de Rondinelli na base do toque. O desempate ocorreu aos 25 minutos, numa jogada rápida pela ponta-esquerda. Patrício fez falta em Ademir. O próprio meia cobrou no segundo pau. Tcheco, ex-atleta do Tricolor, subiu mais alto que o zagueiro Ageu para recuperar a vantagem: 2 a 1. Inferiorizados no placar, os paranistas correram atrás do prejuízo. Mas encontraram a defesa do Malutrom fechada e bem posicionada. No segundo tempo os treinadores Abel Braga e Mauro Madureira escalaram os reservas. O atacante Washington e o meia Fernando Diniz jogaram todo o segundo tempo, mas sem ritmo deixaram a desejar. Diniz nem conseguia ter sucesso naquilo que fez melhor no ano passado: os dribles. Washington, isolado entre dois zagueiros, tentou fugir da marcação e não conseguiu. Abel elogiou a disposição do adversário e a velocidade dos atacantes Ademir e Calmon. Mas os comentários foram duros para os pupilos. O técnico ficou insatisfeito com as falhas de marcação. Ele só não deixou claro se iria matar o 3-5-2 para voltar ao 4-4-2. O Paraná não vai ficar parado no final de semana. Hoje de manhã Abel comanda um treinamento técnico na Vila Capanema e dispensa seu elenco até segunda-feira, às 16h. Na quinta-feira o clube paranaense enfrenta o Americano, em Campos, partida ida da Copa do Brasil. Para essa encontro Abel adiantou que vai fazer mudanças. No ataque vai começar com o Evandro. ‘‘O garoto acabou com o jogo. Vou deixá-lo entre os titulares. Quando ele treina na Vila Capanema se sai bem. Hoje, mesmo com o pau correndo solto, foi um dos melhores’’, justificou.