|
  • Bitcoin 102.599
  • Dólar 5,2536
  • Euro 5,4884
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 26/05/2022, 16:32

Mais uma vitória e Cruzeiro pode superar primeiros turnos de 2020 e 2021

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 26 de maio de 2022

VICTOR MARTINS
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Nesta sexta-feira (27), o Cruzeiro enfrentará o Criciúma, no estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina, pela nona rodada da Série B, às 21h30 (de Brasília).

Com 79% de aproveitamento, o elenco cruzeirense lidera a Série B do Campeonato Brasileiro. São 19 pontos conquistados em 24 possíveis. O time mineiro tem três pontos a mais do que o vice-líder Bahia e seis a mais do que o Novorizontino, que atualmente é o quinto colocado e o primeiro time fora da zona de acesso à Série A. A boa arrancada em 2022 contrasta com os anos anteriores, quando a equipe estrelada sequer conseguiu brigar por um lugar no G4. Tanto que com apenas oito rodadas em 2022, o Cruzeiro já tem campanha semelhante aos primeiros turnos de 2020 e 2021.

Na primeira vez que disputou a Série B, o time celeste somava 20 pontos em 19 rodadas e ocupava a 16ª colocação. Já descontando os pontos da punição aplicada pela Fifa, pela falta de pagamento ao Al Wahda, dos Emirados Árabes, pelo empréstimo do volante Denilson, em 2016.

Já no ano passado, foram 21 pontos conquistados nos primeiros 19 jogos na Segunda Divisão. Então sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, que assumiu algumas rodadas antes, o Cruzeiro ocupava o 14º lugar.

Agora, com apenas oito partidas disputadas, o Cruzeiro está a uma vitória de superar os primeiros turnos das campanhas anteriores. "Todos os jogos são complicados, é um campeonato muito difícil. Como essa rodada teve muito empate, era fundamental a gente ganhar dentro de casa. A gente entrou muito focado em conquistar os três pontos. Ainda faltam 30 rodadas, mas estamos no caminho certo", destacou o atacante Edu, que já tem 14 gols na temporada.

Os dois próximos compromissos do Cruzeiro na Série B serão longe de Belo Horizonte. Na sexta-feira, a equipe do técnico Paulo Pezzolano enfrentará o Criciúma em Santa Catarina. O jogo seguinte também será no Sul do país, diante do Operário. O compromisso pela décima rodada também será numa sexta-feira (3/6), no estádio Germano Krüger, às 21h30.

Para esta sexta-feira, Pezzolano não poderá contar com o zagueiro Zé Ivaldo, que cumpre suspensão. Em contrapartida, Matheus Bidu, que desfalcou o time mineiro nas últimas rodadas graças a um desgaste muscular, e Leonardo Pais, que se recuperava de um estiramento na coxa esquerda, estão de volta aos relacionados. Uma provável escalação inicial do Cruzeiro tem: Rafael Cabral; Geovane Jesus (Pedrão), Lucas Oliveira e Eduardo Brock; Rafael Santos (Matheus Bidu), Willian Oliveira, Neto Moura e Rômulo (Leonardo Pais); Jajá, Luvannor e Edu.

O Criciúma, por sua vez, vem de empate por 0 a 0 com o Grêmio, e busca quebrar um tabu de vinte anos sem vencer o time mineiro para avançar na tabela -a última vez que o clube catarinense derrotou o Cruzeiro foi em março de 2002.

Para isso, o técnico Cláudio Tencati deve ir com força máxima disponível a campo - o zagueiro Hygor é desfalque confirmado, cumprindo suspensão após tomar o terceiro cartão amarelo. Uma provável escalação do time catarinense tem: Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Rayan e Marcelo Hermes; Léo Costa, Arilson, Fellipe Mateus e Thiago Alagoano; Rafael Bilu e Eduardo Melo.

Estádio: Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

Horário: Às 21h30 (de Brasília) desta sexta-feira (27)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Transmissão: SporTV e Premiere