Maringá, PR - O técnico Wanderley Luxemburgo fez uma avaliação positiva da vitória por 4 a 1 da seleção brasileira
sub-23, sobre a Costa Rica, hoje à tarde, em Maringá (PR), no último amistoso do time antes da estréia no Torneio
Pré-Olímpico. Para Luxemburgo a seleção apresentou problemas na defesa, e errou passes em excesso, mas ele
entende que teste tenha sido válido. "Eles usam o mesmo esquema do Chile, com três zagueiros. Isso é bom para
testar nosso ataque", disse.
Luxemburgo acha que a seleção está pronta para estrear, quarta-feira, diante do Chile. Segundo ele, o período de
preparação foi bastante produtivo, e a partir de agora, a comissão técnica deve voltar suas atenções para o aspecto
psicológico dos jogadores. "Quando começa a competição, entra o fator emocional. É nisso que precisamos trabalhar
agora", disse.
Apesar de dizer que não gosta de fazer análises individuais
Luxemburgo elogiou bastante a atuação do lateral Fabio
Aurélio, do São Paulo, que atuou boa parte do segundo tempo da partida de hoje contra a Costa Rica, no meio de
campo. "Ele chegou driblando sempre. É isso que tem de fazer", disse. O treinador brasileiro não concorda com as
críticas de que a seleção tenha adotado um sistema defensivo, ao atuar com três jogadores de marcação no meio de
campo - casos de Baiano, Mozart e Fabiano. "Não entendo porque falam isso. Tenho, na verdade, dois meias
ofensivos", disse ele, referindo-se a Mozart e Fabiano.
O treinador não acha que tenha feito muitas substituições, num procedimento que, eventualmente, poderia dificultar o
entrosamento da equipe. Na quarta-feira, contra Trinidad e Tobago, foram seis substituições e hoje, mais quatro.
"Tenho que testar as alternativas. Ainda bem que posso fazer isso. Agora, isso só é possivel graças à versatilidade
dos jogadores brasileiros". acrescentou. Além disso, acrescenta ele, o time não joga em função de Alex, Ronaldinho e
Fábio Júnior - três dos jogadores substituídos na metade do segundo tempo. "O time tem vários outros bons valores e
não apenas os três", argumentou.