O coletivo-apronto de ontem na Vila Santa Terezinha fez o técnico Adão Pereira reconquistar a confiança em uma despedida vitoriosa da Portuguesa Londrinense no Campeonato Paranaense. ''Os jogadores readquiriram a dignidade'', disse, após o treino.
Pereira desistiu de jogar no 3-5-2 e vai atuar com dois meias-ofensivos e dois atacantes amanhã contra o Paraná no Pinheirão. A Lusa precisa da vitória para se garantir na elite do Estadual em 2004. O Paraná joga pelo empate para se livrar da ''degola''.
Daniel reconquistou a posição de titular e, ao lado, de Marcian, terá a missão de municiar a dupla de ataque. Vítor está garantido mas Marco Antônio Carioca perdeu a vaga para Caniggia. Nas demais posições, o time foi mantido.
Nos primeiros 25 minutos o Paraná sofrerá marcação na saída de bola, segundo Pereira. ''Só a vitória me interesse. Não tem como fazer diferente'', defendeu.
A diretoria da Lusinha já acertou a saída de alguns jogadores que moram em Curitiba ou no Sul do Estado. O clube já pagou o que lhes devia e eles não devem nem retornar da viagem à capital.