Bastidores -

VGD não pode abrigar jogos da segunda fase da série C


Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

A reunião técnica que definiu os detalhes da Série C do Campeonato Brasileiro de 2020 aprovou que a partir da segunda fase os jogos poderão ser disputados apenas em estádios com capacidade superior a dez mil pessoas. Desejo de parte da torcida do Londrina, o VGD, caso seja liberado para receber partidas, não poderia abrigar confrontos, de acordo com esta regra. Pelos laudos atuais, o VGD está liberado para receber até oito mil pessoas. 


Laudos 

Dos quatro laudos necessários para a liberação de qualquer estádio, o VGD possui apenas dois com validade. O de segurança, expedido pela Polícia Militar, tem validade até o dia 2 de maio, e o de condições sanitárias e de higiene, elaborado pela Vigilância Sanitária, é valido até 16 de agosto. Já o laudo de engenharia está vencido desde dezembro de 2016 e o de prevenção e combate de incêndio, do Corpo de Bombeiros, expirou em outubro do ano passado. 




Estrutura

Mesmo colocando em campo o time de aspirantes no Campeonato Paranaense, o Athletico não abre mão de poder contar com os seus principais jogadores em determinadas partidas. O rubro-negro inscreveu 75 jogadores no Estadual, incluindo os atletas que estão na disputa da Libertadores. O Furacão até aqui usou o seu time titular em apenas duas rodadas do Paranaense. Apesar da política de não valorizar o Estadual, o Athletico foi campeão três vezes nas últimas quatro edições e lidera a competição deste ano. 


Araucária

O gestor do Londrina, Sérgio Malucelli, assumiu o futebol do Araucária Esporte Clube pelos próximos quatro anos. O time da região metropolitana de Curitiba vai jogar a Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense e ficará treinando no CT da SM Sports até a estreia na competição, no dia 5 de abril, contra o Maringá.

 

FILIAL



A base do time do Araucária será formada por jogadores do LEC. Vários garotos que disputaram a Copa São Paulo já estão treinando no novo clube. Nomes como João Mafra, Wendell, João Nascimento, além do centroavante Devid, que não foi aproveitado no time principal do Londrina. A comissão técnica também é oriunda do sub-19 do Tubarão e será encabeçada por Silvinho Canuto, que era um dos auxiliares do técnico Alemão. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo