Reformulação -

Londrina perde jogadores durante a paralisação

Oito atletas já deixaram o clube nas últimas semanas e chegada de novos reforços depende da definição do restante da temporada

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

O torcedor do Londrina verá um time bastante modificado após a parada forçada pela pandemia do coronavírus. Se alguns clubes estão utilizando este período sem jogos para reforçarem o elenco, o LEC vai na contramão e tem perdido jogadores. 

 

Já são oito baixas entre atletas que tiveram os contratos encerrados e não renovados, que voltaram de empréstimos e ainda aqueles que estão trocando o Alviceleste por outros times.



O zagueiro Augusto está sendo emprestado ao Juventude
O zagueiro Augusto está sendo emprestado ao Juventude | Isaac Fontana/FramePhoto/Folhapress
 



 

O último a deixar o Tubarão foi o zagueiro Augusto, emprestado até o fim do ano para jogar a Série B pelo Juventude de Caxias do Sul (RS). Pelas redes sociais, o jogador se despediu da torcida e agradeceu ao LEC. "Foi uma honra vestir esta camisa, mas é hora de dizer até logo. O que fica é o carinho pelos momentos vividos dentro do clube, pelas amizades feitas, pela torcida, diretoria e pelos ensinamentos, que não foram poucos", escreveu o zagueiro de 23 anos e que chegou no Alviceleste em 2019.


Já deixaram o clube também os laterais Igor Miranda e Victor Luiz, os volantes Anderson Carvalho e Denner e os atacantes Thiago Henrique e Wellisson, todos após o fim dos vínculos. O volante Rafael Assis antecipou o término do seu empréstimo e retornou para Portugal. 


O mesmo caminho devem seguir os atacantes Marcelinho e Ruster. Os dois ainda seguem participando dos treinos remotos no LEC, mas estão emprestados até 30 de junho e a tendência é que eles voltem para os seus clubes de origem em Portugal, já que não há uma definição ainda em relação à sequência do calendário do futebol brasileiro. O centroavante Júnior Pirambu tem sondagens para sair, mas nenhuma negociação ainda foi fechada.

 

Outro atacante que não retorna ao Tubarão é Paulinho Moccelin. Emprestado no primeiro semestre para a Chapecoense, o jogador teve o seu empréstimo renovado e fica no time catarinense para a disputa da Série B.

 

Reforços

Apesar do clima de incerteza no futebol do país em razão da pandemia da Covid-19, o Londrina monitora o mercado em busca de reforços para a volta das competições. O LEC terá a disputa da segunda fase do Campeonato Paranaense e da Série C do Brasileiro. Ainda não há nenhuma previsão de quando será possível a volta dos torneios. 


Dois nomes que interessam ao LEC são os laterais Diego Macedo, revelado no próprio clube, e Fabinho, ex-Coritiba. O Alviceleste pode até fazer um novo contrato com o volante Denner e o atacante Thiago Henrique, mas tudo vai depender das definições em relação ao calendário até o final do ano. Atualmente o elenco do Londrina conta com 32 jogadores. 



Leia mais sobre o LEC

 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo