Futebol -

Londrina concede férias aos jogadores a partir do dia 1º

Alviceleste segue o posicionamento de outros clubes do país e vai antecipar 20 dias de férias de dezembro aos atletas

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

Seguindo o caminho adotado por outros clubes do futebol brasileiro, o Londrina concederá férias aos seus jogadores na próxima semana. Serão 20 dias a partir do dia 1º de abril, com possibilidade de prorrogação por mais dez dias.

 

Os atletas do Alviceleste foram liberados no dia 16 e a previsão de retorno era para o primeiro dia do próximo mês. Porém, como o futebol continua com todas as competições suspensas, em razão da pandemia do coronavírus, e não há previsão de volta, o LEC decidiu por antecipar as férias de dezembro.




Londrina concede férias aos jogadores a partir do dia 1º
Isaac Fonta/FramePhoto/Folhapress
 



A decisão partiu do gestor Sérgio Malucelli, que já havia adiantado em entrevista à FOLHA esta tendência. Os jogadores e os demais integrantes do futebol do clube já estão sendo avisados de que não precisarão retornar no dia 1º de abril. O Campeonato Paranaense foi suspenso após a última rodada da fase classificatória, no dia 15 de março. O LEC está classificado para as quartas de final do Estadual. 


Embasados pela Comissão Nacional de Clubes, equipes das Séries A e B do Brasileiro também darão férias para os jogadores entre 1º e 20 de abril. Os clubes ainda não chegaram a um acordo com sindicatos que representam os jogadores quanto à questão financeira. Por isso, os salários referentes ao mês de março serão pagos integralmente aos atletas.


Alguns clubes têm resolvido a questão salarial de forma independente. Foi o caso do Fortaleza, que anunciou redução nos salários de jogadores e diretores para poder manter o emprego de funcionários de outras áreas durante este período de crise.


Os clubes voltarão a se reunir no dia 15 de abril para avaliar o cenário em relação a Covid-19 e tomar novas medidas para o futuro.


Doação

Como forma de auxiliar a sociedade londrinense no combate ao coronavírus, o Londrina doou esta semana 30 colchões para a Secretaria Municipal de Assistência Social. Os colchões eram utilizados por garotos da base no alojamento do clube, que fica no estádio Vitorino Gonçalves Dias.




Os objetos serão usados pelo município em locais preparados para receber moradores de rua durante este período de pandemia da Covid-19. O LEC colocou também as dependências do VGD à disposição das autoridades de saúde para eventuais atendimentos a pacientes com o coronavírus. 

Leia mais sobre o LEC

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo