|
  • Bitcoin 202.739
  • Dólar 5,4587
  • Euro 6,1923
Londrina

FUTEBOL 5m de leitura Atualizado em 02/01/2022, 18:52

Juan Figer era sócio de Malucelli e negociador pioneiro

PUBLICAÇÃO
domingo, 02 de janeiro de 2022

Vitor Ogawa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Na sexta-feira (31), último dia de 2021, morreu Juan Figer, um dos maiores negociadores de passes de jogadores do Brasil e sócio da SM Sports, gestora do Londrina Esporte Clube. No Paraná, Figer manteve parceria com o Athletico Paranaense de 1996 a 2002, que rendeu alguns milhões de dólares às duas partes até que houve o rompimento do contrato por parte do clube paranaense. Em suas redes sociais, o empresário Sérgio Malucelli, gestor do Londrina, publicou a seguinte mensagem: “Hoje o futebol está de luto. Faleceu o número 1 da Fifa, o pioneiro dos agentes de futebol, meu amigo, sócio, mestre e confidente. A pessoa que me colocou no mundo da bola, que me ensinou tudo que sei no futebol. Descanse em paz meu grande amigo, que Deus conforte o coração de toda a família. O Londrina Esporte Clube está de luto, o futebol mundial está de luto.”

Na sexta-feira (31), último dia de 2021, morreu Juan Figer, um dos maiores negociadores de passes de jogadores do Brasil e sócio da SM Sports, gestora do Londrina Esporte Clube.
Na sexta-feira (31), último dia de 2021, morreu Juan Figer, um dos maiores negociadores de passes de jogadores do Brasil e sócio da SM Sports, gestora do Londrina Esporte Clube. |  Foto: Júlio Bernardes/Folhapress
 

Desde 2010, Juan Figer e Sergio Malucelli fizeram uma parceria para administrar o futebol do Londrina. Entre as revelações do time por essa parceria estão o volante Bruno Henrique, o lateral esquerdo Wendell  e o atacante Joel.

Figer era tido como um dos cinco agentes mais influentes do mundo, segundo algumas publicações esportivas. Além de sua própria empresa, o Grupo Figer, possui parceria com outras agências. 

No Instagram do Grupo Figer, a empresa publicou em seu Instagram: “É com imenso pesar que fecharemos o ano de 2021 sem mais a presença de nosso mestre Juan Figer. Infelizmente após lutar muito ele não resistiu a uma parada cardíaca.” Sua neta, Stephanie Figer, também rendeu homenagens ao avô pelas redes sociais. “É assim que eu sempre me lembrarei de você, vô, viajando, comendo num bom restaurante e falando de futebol! Que honra e privilégio o meu de ser sua neta e ter aprendido tantas coisas com você. Vou levar adiante tudo o que você me ensinou, ao lado do meu pai @marcel_figer e tio @andrefiger para te deixar orgulhoso por onde estiver! Te amo com todo o meu coração. Muito obrigada por tudo.”, escreveu Stephanie. 

Seu filho André escreveu: “Para sempre em nossos corações!! Construiu uma família unida com filhos e netos que conviveram intensamente e tiveram a chance de absorver seu conhecimento e valores, deixou grandes amigos mais recentes e tantos outros de décadas, foi pioneiro em uma profissão na indústria do futebol e construiu um legado que seguirá se expandindo e sendo honrado!! D’us te receba pai, seguimos aqui seus passos!! Te amo!!!” 

Uruguaio de Montevidéu, participou de grandes transferências do esporte. O empresário montou sua empresa de agenciamento em 1969, no Brasil, e mesmo antes da regularização da profissão na Fifa e da criação da Lei Pelé, no Brasil, foi o agente responsável por transferências de grandes jogadores. Entre os nomes que estão na relação de jogadores agenciados por ele estão Maradona, Klinsmann, Rijkaard, Sócrates, Casagrande, Dunga, Zé Roberto e Müller. Quando negociou o passe de Denílson, foi a transferência mais cara do mundo na época, do São Paulo para o Bétis, atingindo as cifras de US$ 40,5 mi.

O agente também já foi alvo de investigações. Suas atividades levantaram suspeitas de evasão fiscal a ponto de ser envolvido em uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Câmara de Deputados, conhecida como a CPI CBF/Nike, e na CPI do Senado, a CPI do Futebol. Ainda foi investigado pelo Ministério Público Federal e pela Receita Federal. A Fifa também o investigou por usar o Rentistas, clube da primeira divisão uruguaia, como ponte para registrar jogadores. 

Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM