Estadual -

Início ruim no Paranaense antecipa busca por reforços no Londrina

Clube monitora o mercado e deve anunciar contratações ainda esta semana para buscar a reação no Estadual depois de cinco empates seguidos

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

A falta de vitórias após cinco jogos no Campeonato Paranaense obriga o Londrina a correr atrás de reforços para reagir na competição. O pensamento de trazer contratações apenas para a Série B já mudou em razão da campanha ruim no Estadual e o clube deve apresentar novos atletas ainda esta semana.

 

Recuperado de dengue, Safira pode reaparecer no jogo de quarta contra o Toledo
Recuperado de dengue, Safira pode reaparecer no jogo de quarta contra o Toledo | Gustavo Oliveira/LEC
 

O empate com o Paraná foi o quinto consecutivo e deixou o Tubarão na incômoda sétima posição no Paranaense. Além da ausência de resultados positivos, o que tem incomodado a comissão técnica e a direção do clube é a baixa qualidade apresentada pelo elenco.


“Cheguei com a missão de resgatar e melhorar esta equipe. A direção tem trabalhado, monitorado o mercado para fortalecer todos os setores”, frisou o técnico Roberto Fonseca. “Estamos trabalhando em duas frentes. Montar uma equipe forte para a Série B e melhorar o nosso rendimento no Paranaense”.


O primeiro reforço a ser confirmado pelo LEC será o atacante Tiago Orobó, 27 anos. O centroavante tem contrato com o Fortaleza, que o contratou no ano passado após ser artilheiro no América-RN. Orobó, que teve uma passagem pelo Maringá em 2019, chega ainda esta semana e começa a treinar no CT.


Além do centroavante, o Londrina espera anunciar ainda nos próximos dias um meia e dois atacantes de beirada. Ao mesmo tempo em que antecipa o seu planejamento de contratações ainda para o Paranaense, o elenco atual deve sofrer algumas baixas.


O clube não fala abertamente, mas alguns jogadores com desempenhos ruins neste início de temporada podem ter os contratos rescindidos nos próximos dias.


Decisão

Diante da campanha ruim, o jogo contra o Toledo, na quarta-feira (21), às 16h, no estádio do Café, passa a ser uma decisão para o LEC no Paranaense. Será a quarta partida como mandante e a vitória é essencial.


“A situação que enfrentamos é incômoda e precisamos ter maturidade e personalidade para este jogo em casa. Vamos trabalhar o lado psicológico do elenco e buscar algumas opções diferentes para conseguirmos o resultado positivo”, apontou Roberto Fonseca.


Para o jogo de quarta, o atacante Douglas Santos está suspenso com o terceiro cartão amarelo e o centroavante Safira pode reaparecer na equipe, após se recuperar de uma dengue.


O Toledo é o nono colocado, com três pontos em cinco jogos. Na última rodada, foi goleado pelo Coritiba por 5 a 1, no Couto Pereira. 


Leia mais sobre o LEC 


Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Assine e navegue sem anúncios [+]

Continue lendo