Tubarão -

Fonseca ganha novas opções para os jogos decisivos do Londrina

Recuperados de lesões, lateral Luiz Henrique e Marcelo Freitas voltam ao time do LEC, que poderá contar também com o centroavante Júnior Pirambu

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

Em um momento em que o Londrina terá uma sequência de jogos importantes pela Série B e Campeonato Paranaense, o técnico Roberto Fonseca ganha algumas opções a mais para escalar a equipe. 

 

Recuperado de lesão, o meia Marcelo Freitas voltou a treinar no Londrina
Recuperado de lesão, o meia Marcelo Freitas voltou a treinar no Londrina | Jefferson Bachega/Londrina Esporte Clube
 

Recuperados de lesões, o lateral-esquerdo Luiz Henrique e o meia Marcelo Freitas já voltaram aos treinos. Freitas não joga desde a partida contra o FC Cascavel, pela última rodada da fase de classificação do Estadual, em razão de um problema muscular. A tendência é que o meio-campista ganhe uma vaga no time titular no duelo diante do Operário pela semifinal do Paranaense, na segunda-feira (7), no estádio do Café. 


Já Luiz Henrique é a única opção do treinador na lateral esquerda para a partida contra o Brusque, sábado (5), pela segunda rodada da Série B. Ausente na estreia contra o Brasil (RS), em razão de uma contusão na coxa, o jogador deve ser escalado mesmo que não esteja cem por cento fisicamente. Felipe Vieira, que jogou no seu lugar em Pelotas, foi expulso e terá que cumprir suspensão automática. A outra alternativa de Fonseca seria improvisar Ricardo Luz no setor. 


Quem também já está à disposição do treinador é o centroavante Júnior Pirambu, que voltou de empréstimo do Brusque, onde atuou no Campeonato Catarinense. O rival do LEC no Brasileiro tinha a preferência por permanecer com o jogador, mas decidiu não renovar o contrato. 


Leia mais sobre o LEC


Como tem vínculo com o Tubarão até 2022, Pirambu se apresentou no clube e já foi integrado ao elenco. "Muito feliz pelo grande começo de ano que fiz até aqui, pelos gols, por estar entre os melhores atacantes do Catarinense e agora mais feliz por voltar ao Tubarão", frisou o centroavante, que marcou sete gols em Santa Catarina. 


O retorno de Junior Pirambu aumenta as opções do treinador para o ataque. Fonseca já conta com Salatiel, Thiago Orobó e Juan Matos, para apontar apenas os que atuam mais centralizados. "Sabemos que o Londrina tem grandes atletas e que passam por um momento bom, com a vaga na semifinal do Paranaense. Mas sei da minha capacidade também e vou trabalhar duro para ter as minhas oportunidades", frisou o atacante. 


Brusque

O Brusque treina em Londrina já na quinta-feira (3) em preparação para o confronto de sábado, às 11h. O técnico Jerson Testoni deve repetir a escalação da estreia, quando a equipe venceu a Ponte Preta por 2 a 1. Destaque para o centroavante Edu, autor dos dois gols na primeira partida. 


O Brusque anunciou esta semana a contratação do volante Fillipe Soutto, que já jogou no Londrina e foi revelado pelo Atlético Mineiro. O jogador já foi regularizado e deve ficar no banco de reservas no Café. 


Operário

O Operário terá mais tempo que o Londrina para se preparar para os dois jogos da semifinal do Paranaense. No entanto, o time de Ponta Grossa terá que se recuperar da goleada sofrida na terça-feira por 5 a 2 para o Guarani, na abertura da segunda rodada da Série B. O jogo foi disputado no Couto Pereira, já que o gramado do Germano Krüger está sendo revitalizado. 


Do time-base que o técnico Matheus Costa vem usando no Brasileiro, apenas dois não estão inscritos no Paranaense: o zagueiro Reniê e o atacante Rodrigo Pimpão. As semifinais entre Londrina e Operário estão agendadas para os dias 7 e 10 de junho. 


Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo