Série B -

Fernandes diz que Luiz Henrique havia perdido motivação nos treinamentos

Depois de jogar bem e vencer o Náutico, LEC ganha moral para confronto direto com o Vitória, no Café

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

O Londrina voltou com ânimo renovado de Recife na sua luta contra o rebaixamento na Série B. A vitória por 2 a 1 contra o Náutico quebrou uma sequência de cinco jogos sem ganhar na competição e aumentou a confiança do elenco para o confronto direto com o Vitória, sábado (25), no estádio do Café, às 16h. Os times estão empatados com 24 pontos, mas a equipe baiana tem um jogo a menos. 

 

Com os dois gols em Recife, Luiz Henrique mostrou mais uma vez que não pode ficar fora do time do Londrina
Com os dois gols em Recife, Luiz Henrique mostrou mais uma vez que não pode ficar fora do time do Londrina | Ricardo Chicarelli/LEC
 

O Alviceleste mostrou um futebol eficiente nos Aflitos, com forte poder de marcação e velocidade na transição para o ataque. A atuação foi elogiada pelo técnico Márcio Fernandes, que pretende manter a base titular para o próximo confronto. "O time demonstrou um entendimento muito grande no sistema adotado. Neutralizamos as melhores ações do Náutico e a vitória foi merecida pela entrega e pelo que fizeram os jogadores", apontou. 


O treinador promoveu seis alterações na equipe e o destaque ficou com o lateral Luiz Henrique, que depois de muito tempo voltou a ser titular. Unanimidade entre a torcida, o lateral jogou de atacante e fez os dois gols da quinta vitória do LEC no Brasileiro. Questionado sobre a demora em escalar o jogador, Fernandes alegou que Luiz Henrique não tinha entrado bem em algumas partidas e havia perdido a intensidade e a motivação nos treinamentos. 


Leia mais sobre o LEC


"Conversamos com ele para entender sobre a sua queda na condição técnica. Agora ele está voltando a ser o Luiz Henrique que sabemos que tem muita qualidade. Jogando na linha ofensiva ele tem condição de chegar na linha de fundo, entrar em diagonal, como foi no lance do primeiro gol. Temos confiança para colocá-lo nesta posição e tenho certeza de que nos ajudará muito daqui para frente", frisou o comandante alviceleste. 


Márcio Fernandes fez questão de ressaltar que abriu mão de escalar uma equipe mais técnica para apostar em uma formação mais aguerrida e com a cara da Série B. "Tivemos um time que se entregou muito e foi competitivo. O grupo está começando a ter este entendimento que na Série B é preciso disputar mais para conseguir os resultados. Tecnicamente não foi a nossa melhor formação, mas como entrega em campo sim", ressaltou. "Foi uma vitória muito importante até pelo lado psicológico para que possamos continuar nesta caminhada para sair da zona do rebaixamento". 


Baixa

Em relação ao time que começou a partida em Recife, a baixa é o volante Pedro Cacho, que sofreu uma lesão no joelho. O jogador foi substituído logo aos 12 minutos e passará por exames de imagem para saber a gravidade da contusão. Danilo deve ser o escolhido para atuar no seu lugar. 


Reforços

O Londrina pode inscrever mais cinco jogadores na Série B e o prazo final para novas contratações se encerra no dia 30. O LEC negocia com três atletas, que devem ser oficializados ainda esta semana: o volante João Paulo, 36 anos, que já teve duas passagens pelo clube e estava no Figueirense; o centroavante Roberto, 35 anos, outro que também atuou na equipe catarinense na Série C; e o atacante Ronny, 30 anos, que jogou a segunda divisão catarinense pelo Camboriú. 


Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo