Série B -

Contra o Goiás, Fernandes cobra início de arrancada para deixar ZR


Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

Na reta final da Série B e sem conseguir deixar a zona do rebaixamento, o Londrina sabe que a necessidade de vitória é cada vez mais urgente. Faltando oito jogos para terminar a competição, o Tubarão precisa vencer o Goiás, nesta terça-feira (19), no estádio do Café, para se manter vivo na briga contra a degola. O jogo, válido pela 31ª rodada, começa às 19h. O LEC não terá vida fácil, já que o Esmeraldino é o terceiro colocado, com 51 pontos, e segue firme na luta pelo acesso.

 

Com a suspensão de Jean Henrique, Tárik (colete) reaparece no meio-campo do LEC
Com a suspensão de Jean Henrique, Tárik (colete) reaparece no meio-campo do LEC | Ricardo Chicarelli/LEC
 

Foi justamente contra o Goiás, no primeiro turno, que o técnico Márcio Fernandes estreou no comando do Alviceleste, com um 0 a 0, em Goiânia. O treinador dobrou o aproveitamento da equipe em 19 rodadas - seis vitórias, seis empates e sete derrotas -, para 42%. Quando assumiu, o LEC era o lanterna, com sete pontos em 12 partidas, 21% de aproveitamento. 


Apesar da melhora considerável, o Tubarão ficou fora da ZR neste período em apenas duas rodadas. E o treinador sabe que o time terá que melhorar ainda mais o seu desempenho para fugir da queda. O clube trabalha com a necessidade de ter que conquistar ao menos 12 pontos nos últimos jogos para permanecer na Série B. 


Leia mais sobre o LEC 


"Temos nossas metas estabelecidas, mas prefiro nem abrir porque todos os outros times também têm e respeitamos todos, mas precisamos atingir os objetivos traçados para sair desta situação delicada em que estamos", afirmou Márcio Fernandes.  


Formação

O treinador alviceleste mais uma vez terá que mexer na equipe. O volante Jean Henrique está suspenso com o terceiro amarelo e deve ser substituído por Tárik. Surpresas entre os titulares no empate com o Operário, o goleiro César e o zagueiro Augusto serão mantidos na equipe. No ataque, Roberto teve atuação discreta em Ponta Grossa e pode perder a vaga para Victor Daniel, destaque nos jogos finais do Paranaense. 


Fernandes ressaltou a qualidade do adversário e pregou concentração total do Alviceleste. "É uma equipe fortíssima e que briga pelo acesso. Não podemos ter o luxo de ter ninguém parado e temos que imprimir uma dinâmica muito forte. Pela qualidade do Goiás, temos que fazer a nossa melhor partida para conseguir o resultado", frisou. "Toda vez que jogamos contra equipes fortes, que estão no topo, a nossa concentração é maior. Precisamos manter este foco em todas as partidas. Precisamos fazer desta partida o pontapé para uma arrancada nesta reta final".


O Goiás vem de uma vitória por 3 a 1 sobre o CSA, que também briga pelo acesso. Sem problemas médicos e de suspensão e satisfeito com a atuação na última partida, o técnico Marcelo Cabo vai repetir a formação da equipe para o confronto no Café. Ex-Botafogo, o atacante Alef Manga é o artilheiro do Esmeraldino, com oito gols. 


INGRESSOS

Os ingressos para a partida custam o valor único de R$ 20. Apenas o setor das cadeiras estará liberado no Café e o torcedor precisa apresentar a comprovação da vacinação completa contra a Covid-19 ou o resultado do teste RT-PCR ou antígeno.



EM LONDRINA

LONDRINA

César; Matheus Bianqui, Marcondes, Augusto e Eltinho; Tárik, João Paulo e Marcelo Freitas; Marcelinho, Zeca e Roberto (Victor Daniel). Técnico: Márcio Fernandes


GOIÁS

Tadeu; Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo; Diego, Fellipe Bastos, Luan Dias e Elvis; Alef Manga e Nicolas. Técnico: Marcelo Cabo


Árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)

Local: estádio: do Café

Horário: 19h


Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo