|
  • Bitcoin 103.413
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Série B

m de leitura Atualizado em 07/06/2022, 21:50

Com um a menos, LEC desembaça e busca empate no fim

Com muita neblina no estádio do Café, Tubarão fica no 1 a 1 com o Tombense e mantém a invencibilidade no estádio do Café

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 07 de junho de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Ricardo Chicarelli
menu flutuante

O Londrina superou um gol sofrido e uma expulsão no primeiro tempo, a neblina forte na segunda etapa e na base da vontade e da raça buscou o empate nos acréscimos contra o Tombense, na noite de quarta-feira (7), no estádio do Café, pela 11ª rodada da Série B. O 1 a 1 manteve a invencibilidade do Tubarão em casa e levou o time aos 12 pontos no Brasileiro. 

Imagem ilustrativa da imagem Com um a menos, LEC desembaça e busca empate no fim Imagem ilustrativa da imagem Com um a menos, LEC desembaça e busca empate no fim
|  Foto: Ricardo Chicarelli
 

Se o resultado não foi o esperado, o torcedor reconheceu a luta do time e aplaudiu no fim da partida. Já o Tombense chegou a três jogos sem perder e tem agora 13 pontos. O Alviceleste volta a campo no sábado (11), às 16h30, para enfrentar a Ponte Preta, em Campinas. 

O Londrina teve muitas dificuldades no primeiro tempo e não conseguiu imprimir um bom volume de jogo como fez contra o Operário. O Tombense marcou demais, catimbou o tempo todo e jogou no contra-ataque, com dois pontas abertos. 

Com pouca criação no meio-campo, o LEC chegou com perigo apenas aos 19 minutos. Caprini lançou Samuel Santos, que cruzou para Gabriel Santos. O centroavante finalizou de dentro da área e o lateral David salvou em cima da linha. No seu único ataque na primeira etapa, o time mineiro abriu o placar aos 30 minutos. 

O Londrina saiu jogando errado pela direita, Keké cruzou para a área, a bola desviou na zaga e sobrou para Everton. O atacante dominou com o pé esquerdo e acertou um lindo voleio no ângulo de Matheus Nogueira. Golaço. O Tubarão sentiu o golpe e errou muito nos minutos finais. Para piorar o panorama, o volante Jhonny Lucas foi expulso aos 48 minutos, em uma marcação bastante questionada pelo LEC. 

Após uma bola lançada para a área, o londrinense disputou com o goleiro Felipe Garcia, que simulou a falta. O árbitro, de longe, marcou a infração e aplicou o segundo amarelo no volante alviceleste, gerando muita reclamação. 

Mesmo com um a menos, Adilson Batista não mexeu no Londrina para o segundo tempo. O time continuou com muitas dificuldades ofensivas e o Tombense se defendeu bem. Para piorar a vida alviceleste, uma densa neblina tomou conta do Café, dificultando demais a visibilidade. 

Aos 23 minutos, o árbitro consultou os capitães sobre a possibilidade de paralisar a partida. No entanto, os jogadores concordaram que o jogo poderia seguir normalmente. Aos 41, Caprini fez grande finalização e parou em um milagre do goleiro Felipe Garcia. 

O Londrina não desistiu e logo após se safar de tomar o segundo gol, quando Matheus Paquetá perdeu sem goleiro, o Tubarão chegou ao empate. Aos 46, Caprini escorou dentro da área e Matheus Lucas, que havia entrado há poucos minutos, bateu forte no canto direito e fez a festa da torcida logo na sua estreia com a camisa alviceleste. No último lance, Augusto ainda cabeceou com perigo por cima do gol. 

NO CAFÉ

Londrina 1

Matheus Nogueira; Samuel Santos (Watson), Denilson (Augusto), Gustavo Vilar e Eltinho (Mirandinha). João Paulo, Jhonny Lucas, Gegê e Caprini. Douglas Coutinho e Gabriel Santos (Matheus Lucas). Técnico: Adilson Batista

Tombense 0

Felipe Garcia; David, Ednei, Joseph e Manoel. Rodrigo (Ítalo), Zé Ricardo e Jean Lucas (Nenê Bonilha). Everton (Matheus Paquetá), Keké (Cleiton) e Ciel (Renatinho). Técnico: Bruno Pivetti

Árbitro: Zandick Gondim Alves (RN)

Estádio: do Café

Gols: Everton, aos 30 minutos do primeiro tempo

Renda: R$ 13.745,00   Público: 990 (Pagantes: 884)

Expulsão: Jhonny Lucas, aos 48 minutos do primeiro tempo, e Matheus Lucas, aos 46 minutos do segundo tempo 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link