|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

Novo paredão? 5m de leitura Atualizado em 08/01/2022, 09:19

Com mudança de nomes, disputa no gol do LEC está aberta

Depois da saída dos três goleiros que jogaram em 2021, Matheus Albino e Matheus Nogueira iniciam a temporada em busca da camisa 1

PUBLICAÇÃO
sábado, 08 de janeiro de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Se tem uma disputa por posição que começa totalmente aberta no Londrina em 2022 é para o gol. Com uma reformulação grande no setor para esta temporada, Matheus Albino e Matheus Nogueira buscam a camisa 1 alviceleste. 

Depois de um temporada no Azerbaijão, Matheus Albino está de volta ao LEC
Depois de um temporada no Azerbaijão, Matheus Albino está de volta ao LEC |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
  

Os três goleiros que defenderam o LEC no ano passado não renovaram os contratos e deixaram o clube. Após as saídas de César, Dalton e Alan, o Alviceleste trouxe de volta Albino e foi buscar Nogueira no Brasil de Pelotas. 

"A disputa está totalmente aberta e é uma disputa saudável. Todos querem o seu espaço e isso causa uma melhora técnica e de performance. Isso é bom para o clube porque quem estiver melhor vai jogar", comentou Matheus Albino, que atuou no Londrina entre 2019 e 2020. 

O goleiro ficou uma temporada no futebol do Azerbaijão e espera ter o mesmo sucesso da sua primeira passagem neste retorno ao Tubarão. "Adquiri muita experiência pessoal e profissional. É um futebol diferente e uma cultura muito mais diferente ainda. Consegui agregar várias coisas e espero que isso reflita em campo", frisou. 

Leia mais sobre o LEC

Apesar de ter sido rebaixado com o Brasil, que terminou na lanterna da série B do ano passado, Matheus Nogueira chamou a atenção do LEC pela sua experiência e liderança e pelo fato de ser um bom pegador de penalidades máximas. 

"A saída do gol é um dos meus diferenciais e estive entre os goleiros que mais pegaram pênaltis no último Brasileiro", afirmou o goleiro de 35 anos e 1,90m. No confronto entre LEC e Brasil, no estádio do Café, Nogueira defendeu um pênalti cobrado por Safira e o jogo terminou em 0 a 0. 

Matheus Nogueira chega ao Londrina com a fama de pegador de pênaltis
Matheus Nogueira chega ao Londrina com a fama de pegador de pênaltis |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
  

Sobre a expectativa de começar a temporada como titular, o novo reforço alviceleste reconheceu a disputa acirrada pela posição e valorizou a qualidade dos goleiros do clube. "Sempre é bom estar competindo, mas sempre respeitando os colegas. A posição de goleiro é um pouco diferente porque independente de quem jogue, sempre há uma amizade grande porque sabemos da dificuldade que é ser goleiro", apontou. 

O novo reforço alviceleste elogiou também o trabalho do preparador de goleiros Edson Sabiá, responsável pela preparação dos goleiros do clube desde o início da era SM Sports, em 2011. "Pude acompanhar os trabalhos dele e os goleiros do Londrina sempre estão entre os melhores. É um prazer trabalhar com ele também", ressaltou. 

Além de Albino e Nogueira, o Londrina tem Maltos, revelado na base, como terceiro goleiro. Após a Copa São Paulo, Neneca também será integrado ao elenco principal. Acostumado a conviver com grandes goleiros nos últimos anos como Danilo, Vitor e César, a torcida alviceleste espera que a disputa transforme Matheus Albino ou Matheus Nogueira no mais novo paredão alviceleste. 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link 

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM