SÉRIE B -

Com gol polêmico, LEC leva virada do Coritiba e segue na ZR


Diego Prazeres - Editor
Diego Prazeres - Editor

Teve gol polêmico, teve gesto solidário contra o racismo, teve quebra de tabu e, sobretudo, teve uma derrota em casa que só faz aumentar o drama do Londrina. Foi assim o jogo desta noite, no estádio do Café, em que o 3 a 2 para o Coritiba mantém o time alviverde na liderança da Série B e o Tubarão na zona do rebaixamento. A partida abriu a 22ª rodada, que também teve a vitória do vice-líder CRB por 2 a 1 sobre o Confiança, em Aracaju. O Londrina, que reclamou muito do árbitro goiano André Luiz de Freitas Castro ao final do jogo, segue em 17º lugar, com 21 pontos, e ainda pode ser ultrapassado pelo Vitória - os baianos jogam no sábado (4) contra o Operário, em Ponta Grossa. O LEC agora só volta a campo no outro sábado, dia 11, para encarar o Botafogo (4º), no Rio.



 

Com gol polêmico, LEC leva virada do Coritiba e segue na ZR
Isaac Fontana/Framephoto/Folhapress
 



O duelo foi marcada, antes do jogo, por um manifesto conjunto de Londrina e Coritiba contra o racismo, um desagravo ao meia alviceleste Celsinho, alvo de injúria racial por parte de um dirigente do Brusque no último sábado (28). O LEC entrou em campo portando uma faixa condenando o racismo e antes do apito os jogadores das duas equipes se ajoelharam e estenderam o braço, gesto que simboliza a luta dos negros por igualdade racial. 


Em campo, o primeiro tempo foi pra lá de movimentado. O Londrina abriu o placar logo aos 5 minutos, com Marcelinho aproveitando sobra na pequena área. O Coxa empatou aos 15', em chute de fora da área de Matheus Sales que César deixou entrar. Celsinho, que iniciou o jogo como titular, fez o segundo do Londrina de cabeça, aos 27, após cruzamento preciso de Marcelinho, o melhor do time na partida. E aos 46 veio o gol polêmico do Coritiba: Waguininho cabeceou cruzamento na pequena área, César defendeu, mas o auxiliar Tiago Gomes da Silva apontou que a bola cruzou a linha. Com a decisão dele, o árbitro nem consultou o VAR, o que revoltou os londrinenses. 


 

Com gol polêmico, LEC leva virada do Coritiba e segue na ZR
 


O segundo tempo caiu muito de ritmo, e o Coritiba se aproveitou de uma falha na marcação em lance de bola parada para fazer o gol da virada, e da vitória. Aos 33 minutos, Robinho bateu falta ensaiada, Henrique desviou de cabeça e Luciano Castán tocou para o gol. O árbitro ainda consultou o VAR, que considerou legal a posição de Henrique. Com a vitória, o Coxa derrubou o tabu de nunca ter vencido o Londrina em Série B.




EM LONDRINA

LONDRINA 2

César; Matheus Bianqui (Marcão), Saimon, Lucas Costa e Felipe Vieira; Tárik, Jhonny Lucas e Celsinho (Gegê); Lucas Lourenço (Júnior Pirambu), Salatiel (Alan Pinheiro) e Marcelinho (Caprini). Técnico: Márcio Fernandes


CORITIBA 3

Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Matheus Sales (Gustavo Bochecha) e Robinho (Valdeci); Waguininho, Igor Paixão (Wellington Carvalho) e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo 


Local: estádio do Café

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Gols: Marcelinho (L), aos 5min, Matheus Sales (C), aos 15min, Celsinho (L), aos 27min, Waguininho (C), aos 46min, todos no 1º tempo; 33min; Luciano Castán (C), aos 23min do 2º tempo 


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo