|
  • Bitcoin 121.439
  • Dólar 5,0555
  • Euro 5,2186
Londrina

Londrina Esporte Clube

m de leitura Atualizado em 30/07/2022, 19:09

Com gol contra bizarro, LEC fica no empate no Café

Tubarão começa bem, mas leva gol em recuo de bola; com resultado, time fica em 6º

PUBLICAÇÃO
sábado, 30 de julho de 2022

Edson Neves/Especial para a FOLHA
AUTOR autor do artigo

Foto: Ricardo Chicarelli
menu flutuante
Imagem ilustrativa da imagem Com gol contra bizarro, LEC fica no empate no Café Imagem ilustrativa da imagem Com gol contra bizarro, LEC fica no empate no Café
|  Foto: Ricardo Chicarelli
 

Londrina e Criciúma ficaram no empate por 1 a 1 no Estádio do Café, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tubarão chegou a 30 pontos e terminou a rodada na sexta colocação, já que o Tombense venceu em casa e assumiu a quinta colocação. O "destaque" do jogo foi um gol contra bizarro do Londrina que fez o Criciúma abrir o placar, aos 26 minutos do primeiro tempo.

A primeira jogada de perigo foi logo aos 2 minutos, e por parte dos catarinenses, com o atacante Thiago Alagoano, que chutou cruzado na entrada da área após boa jogada de Marquinhos Gabriel. A resposta do LEC veio aos 6, na saída de bola de Matheus Nogueira, Denilson lançou Douglas Coutinho em profundidade, mas o goleiro Gustavo foi mais rápido e chegou a tempo para fazer o corte.

E o camisa 17 do Tubarão, que havia marcado dois contra o Náutico, estava afim de jogo. Aos 12, em cruzamento de Gegê na área, o atacante tentou a cabeçada, e na sobra dividiu com Bocanegra e caiu pedindo pênalti. O árbitro Marielson da Silva nada marcou e mandou seguir. Três minutos depois, mais uma vez Coutinho entrou com perigo na defesa do Tigre. João Paulo aproveitou falha na saída de bola de Arilson e tocou para o atacante na esquerda, que cortou para dentro mas bateu fraco, para fácil defesa de Gustavo.

Imagem ilustrativa da imagem Com gol contra bizarro, LEC fica no empate no Café Imagem ilustrativa da imagem Com gol contra bizarro, LEC fica no empate no Café
|  Foto: Ricardo Chicarelli
 

Com o LEC pressionando na marcação, o Criciúma não conseguia avançar para o campo de ataque. Em cruzamento de Alan Ruschel, foi a vez de Gabriel Santos tentar a cabeçada, que saiu pela esquerda do gol do Tigre. A primeira chance mais clara de gol do Tubarão no primeiro tempo veio dos pés de Caprini. Aos 20, em jogada pela direita, o atacante roubou a bola do time catarinense, cortou para o meio e chutou forte de esquerda. A bola subiu demais e saiu por cima do gol. Mesmo com o Tubarão mais perto de fazer o gol, quem abriu o placar foi o Criciúma. Vilar recebeu de Gegê e recuou para Matheus Nogueira, que perdeu o tempo de bola e não conseguiu dominar. A bola calmamente entrou nas redes do alviceleste. Londrina 0 x 1 Criciúma aos 26 minutos.

Ainda no primeiro tempo, o Tigre fez sua primeira substituição. Arilson sentiu a virilha e deu lugar a Fellipe Mateus.O LEC procurou não se abater, e mantendo a calma, chegou ao empate. Aos 41, em cobrança de escanteio, Caprini colocou a bola na cabeça de Denilson, testou na primeira trave, sem chances para Gustavo. Tudo tudo igual no Café: 1 a 1.

Imagem ilustrativa da imagem Com gol contra bizarro, LEC fica no empate no Café Imagem ilustrativa da imagem Com gol contra bizarro, LEC fica no empate no Café
|  Foto: Ricardo Chicarelli
  

SEGUNDO TEMPO

Autor do gol a favor do LEC, Denilson não voltou para a etapa final, dando lugar a Mandaca. O jogo voltou truncado, com muitas faltas no meio de campo. Em seis minutos, o Criciúma já estava com dois amarelados. Aos nove, a primeira oportunidade de virada. João Paulo cobrou falta na área e Saimon cabeceou à esquerda do gol. Mais uma chance surgiu com Douglas Coutinho, de fora da área, explodindo na defesa catarinense.

O Criciúma reagiu aos 12 minutos, com Thiago Alagoano, que recebeu entre os zagueiros e foi travado por Vilar. Os jogadores do Tigre ficaram na bronca pedindo pênalti. Pelo LEC, Gabriel Santos deu lugar ao jovem Matheus Lucas aos 17 minutos. Aos 25, foi a vez de Coutinho sair para a entrada de Mirandinha. A partida caiu de nível e ficou mais faltosa, com os dois times errando muitos passes. O Tubarão só voltou a oferecer perigo à defesa do Criciúma aos 26, em cruzamento rasteiro pela esquerda de Caprini, em que Bocanegra afastou.

A metade final da segunda etapa foi morna e com poucas chances de gol para ambos os times. Antes mesmo do término, já tinha torcedor indo embora. Resultado decepcionante para os quase 4 mil que compareceram ao Café .

FICHA TÉCNICA

LONDRINA 1

Matheus Nogueira; Denilson (Mandaca), Vilar, Saimon e Alan Ruschel; João Paulo, Jhonny Lucas e Gegê; Caprini, Douglas Coutinho (Mirandinha) e Gabriel Santos (Matheus Lucas) - Técnico: Adilson Batista

CRICIÚMA 1

Gustavo; Cristovam, Rodrigo, Bocanegra e Helder; Léo Costa, Arilson (Fellipe Mateus), Gustavo Cazonatti (Lucas Xavier) e Marquinhos Gabriel (Zé Marcos) Thiago Alagoano (Marcos Cerrato) e Lohan (Hygor) - Técnico: Claudio Tencati

Gols - Vilar (contra) aos 25 minutos e Denilson, aos 41 do primeiro tempo;Público: 3.595 pessoasRenda: R$ 89.490,00