EXCLUSIVO PARA ASSINANTES -

Alemão já testou todo o elenco, mas ainda não tem um time base

Técnico do Londrina segue na busca por uma formação confiável e promoverá novamente muitas mudanças no jogo contra o Operário

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

O Londrina chega à última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense sem um time base definido. Com uma campanha totalmente irregular, o técnico Alemão ainda busca opções definitivas para tornar a equipe mais competitiva e confiável. Novamente no jogo de domingo (15) contra o Operário, o Tubarão terá uma formação bem modificada. 

Matheus Bianqui tem sido uma dos mais elogiados pelo técnico Alemão; Meia volta ao time após cumprir suspensão
Matheus Bianqui tem sido uma dos mais elogiados pelo técnico Alemão; Meia volta ao time após cumprir suspensão | Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
 

Ao longo das dez rodadas do Estadual, o treinador utilizou 28 jogadores. A única posição em que não houve mudança foi no gol, onde Matheus Albino foi titular durante toda a fase classificatória. O goleiro não joga nesta última rodada porque está suspenso e deve ser substituído por Maltos, goleiro da última Copa São Paulo.



 

Nas laterais, Raí Ramos foi titular na direita, mas está longe de ser uma unanimidade com a torcida. Pelo lado esquerdo, Alemão testou Victor Luiz, Felipe Camillo e Igor Miranda. Na zaga, as duplas se alternaram entre Lucas Costa, Willian Corrêia e Augusto, e o LEC tem a terceira pior defesa do Estadual.

 

No meio-campo, o treinador colocou em campo diversas formações e ninguém conseguiu se firmar como intocável. No ataque, a situação é a mesma. Três centroavantes já tiveram oportunidades: Miullen, Júnior Pirambu e Gabriel Barbosa. Dos 14 gols do LEC no Paranaense, só três foram anotados pelos camisas 9: Pirambu (2) e Miullen (1). 


"Eu me cobro bastante. Depois de um jogo como em Cascavel eu nem quero conversar com ninguém, fico muito nervoso. Não vamos jogar bem sempre, mas você não pode aceitar a derrota. Mesmo quando ganha eu nem sempre fico satisfeito, você tem que evoluir sempre", afirmou Miullen.


Mudanças

Depois da atuação decepcionante na última rodada, o técnico Alemão pode mudar até meio time em uma tentativa de melhorar a produção da equipe. O meio-campo pode ganhar uma formação completamente diferente da do jogo com o FC Cascavel. Caso se recupere de uma lesão muscular, Rafael Assis voltará a ser titular no lugar de Anderson Carvalho. Mal nos últimos dois jogos, Matheus Olavo deve perder a vaga para Julio Rusch. 


Quem tem o retorno assegurado é Matheus Bianqui, que retorna de suspensão. Com isso, Danilo, bastante criticado no jogo de domingo, deverá voltar para o banco de reservas. No ataque, Miullen entra no lugar de Gabriel Barbosa. 




Não está descarta ainda uma troca na lateral direita, com a entrada do garoto Pastor, além da mudança de obrigação no gol. "O Maltos é um excelente goleiro. Vem trabalhando com a gente desde o ano passado, tem qualidade e a nossa confiança. Tenho certeza de que fará uma grande partida", frisou o meia Matheus Bianqui. 

Leia mais sobre o LEC

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo