Cláudio Osti
De Londrina
O Londrina Esporte Clube contratou seu primeiro reforço para o Campeonato Paranaense. É o lateral-esquerdo Márcio, de 23 anos. O jogador foi campeão do Piauí atuando pelo River. O atleta também joga de volante e meia. Outro que pode integrar o elenco é o centroavante Alessandro, que estava jogando no Tubarão, em Santa Catarina, e já atuou em clubes de Portugal e Itália.
Ontem à tarde, o coordenador geral do Londrina, Célio Guergoletto, reuniu-se com a comissão técnica e depois conversou com vários jogadores, entre eles os zagueiros Ivanildo e Roberto Fonseca, o lateral Carlos Eduardo e o volante Zé Roberto. Guergoletto fez uma proposta e deu prazo até hoje às 14h30 para que eles decidam. ‘‘Se eles não aceitarem eu vou atrás de outros jogadores para as posições que precisamos. Não podemos esperar mais tempo. Quem assinar já vai começar a trabalhar fisicamente com o professor José Carlos Venturini. O time será apresentado na próxima terça-feira de uma forma ou de outra’’, disse Guergoletto.
Alguns jogadores, como Roberto e Zé Roberto, não haviam decidido se vão aceitar a proposta já que ainda tem salários para receber da temporada passada. ‘‘Eles não precisam se preocupar. Assinando conosco ou com outro clube, quem tem dinheiro para receber do Londrina pode ficar tranquilo que vai receber’’, afirmou o dirigente.
Guergoletto disse também que pretende trabalhar com 16 profissionais e mais sete ou oito jogadores do time júnior. ‘‘Priorizar os jovens valores é uma questão de sobrevivência do clube. Eles precisam estar na vitrine’’, explica o dirigente.
Ontem, o empresário colombiano Luis Felipe Posso, que está acompanhando o Pré-Olímpico em Londrina, confirmou que ofereceu um meia colombiano para jogar no Alvicele. Ele não quis revelar o nome. ‘‘É um jogador que pode ajudar o clube nessa competição’’, limitou-se a informar.